Pérolas Indie - La Délicatesse – A Delicadeza (2011)

 
Realizado por David Foenkinos e Stéphane Foenkinos 
Com Audrey Tautou, Bruno Todeschini, François Damiens 
Género – Comédia Romântica 

Sinopse –Nathalie (Audrey Tautou) tem tudo para ser feliz. Ela é jovem, bonita e cheia de vida. Mas a morte acidental e repentina do seu marido, apaga toda a sua vivacidade e alegria. Durante anos, ela investe no seu trabalho. Subitamente e sem qualquer explicação, ela beija um colega do trabalho, Markus (François Damiens), um homem atípico. Logo surge uma relação sentimental entre este casal altamente improvável que irá gerar atenção e alguma agressividade dentro da empresa. Nathalie e Markus acabam por fugir para viver a sua história de amor, longe de tudo e todos. Esta história de renascimento é também uma história de um estranho amor.

Crítica – Tal como o seu título indica, “La Délicatesse – A Delicadeza” é um filme bastante leve e delicado. A sua história não tem contornos muito inovadores ou ambiciosos, mas consegue destacar-se das narrativas de obras semelhantes graças à refrescante ausência de estereótipos e à agradável mistura entre tons e estilos de vários géneros cinematográficos. É por causa desta interessante mescla de emoções e sentimentos que esta obra francesa esta recheada de breves mas deliciosos momentos românticos, melodramáticos e humorísticos que valem em conjunto o preço do bilhete. Esta sua doce e divertida trama deve muito do seu valor à sua criativa estrutura narrativa e à confiante e controlada realização de David Foenkinos e Stéphane Foenkinos, mas também beneficia da elevada qualidade das performances de Audrey Tautou e François Damiens, dois atores de grande nível que exibem durante todo o filme um forte à-vontade à frente das câmaras, algo que credibiliza o seu estranho romance e torna-o ainda mais especial. O elenco secundário também se exibe a um bom nível, algo que também pode ser dito sobre o trabalho de Carlos D'Alessio, que compôs uma banda sonora perfeitamente adequada ao estilo deste filme. A sua fotografia também é muito agradável. A forte combinação entre um enredo eficaz, um elenco de relevo e uma realização cuidada acabou por dar origem a uma bela e interessante comédia romântica com contornos dramáticos que felizmente nunca resvala para a mediocridade ou para a idiotice. Para terminar resta-me dizer que não tenho qualquer problema em recomendar este “La Délicatesse – A Delicadeza” a todos aqueles que gostem de bons mas leves filmes românticos, no entanto se preferir fortes melodramas românticos deverá procurar um filme mais sério.

 Classificação – 3,5 Estrelas em 5

1 comentários:

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana

Membro Oficial

Membro Oficial