Lars Von Trier Faz Declarações Polémicas e Teme Que A Sua Sobriedade Possa Impactar a Sua Carreira

O polémico realizador dinamarquês Lars Von Trier revelou ao jornal Politiken que tem medo que a sua recente decisão de parar de consumir álcool e drogas possa afetar a sua capacidade de fazer filmes. O cineasta assumiu que, durante anos, foi um consumidor regular de drogas e sempre se descreveu como alcoólico devido aos vários excessos que cometeu, tendo muitos dos seus filmes sido produzidos, criados e imaginados estando o polémico cineasta sob o efeito de drogas. Ao jornal, Von Trier revelou que já está sóbrio há noventa dias e que teme que a ausência destes vícios poderá afetar o seu particular processo criativo, já que Von Trier confessou que as drogas alimentavam a sua loucura e visão criativa. O seu mais recente filme, "Nymphomaniac", já foi criado sem a presença de drogas, mas Von Trier admitiu que notou uma diferença assinalável, especialmente no tempo de criação, já que sem drogas o filme ficou pronto em dezoito meses, mas o cineasta acredita que com drogas poderá ter ficado concluído muito antes. Apesar dos receios, Von Trier já está a preparar o seu próximo projeto, que será uma série televisiva.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial