O Que Aconteceu Às Adaptações Cinematograficas Americanas de Akira, Bleach e Death Note?

Nos últimos tempos, Hollywood tem prestado mais atenção ao mercado japonês de banda desenhada (mangá) e desenhos animados (anime) para arranjar ideias para os seus filmes. O caso mais badalado e curioso de 2014 foi o blockbuster "The Edge of Tomorrow", que tem como base um manga criado por Hiroshi Sakurazaka, mas esta não foi a primeira incursão de Hollywood neste mercado asiático, porque filmes como "Oldboy" (2013), "Fist of the North Star" (1995), "Dragonball Evolution" (2005), "Crying Freeman" (1995) ou "Astro Boy" (2009) também têm na sua base produtos do género. Já está confirmado que Hollywood irá avançar nos próximos tempos com uma adaptação cinematográfica do manga/ anime "Ghost in the Shell", que até terá Scarlett Johansson como protagonista, mas espera-se que esta adaptação não tenha o mesmo destino incerto que as já anunciadas adaptações de populares produtos japoneses deste género, sendo os exemplos mais crassos os filmes live action de "Akira", "Bleach" e "Death Note". Para os fãs destes três produtos a pergunta impõem-se, o que aconteceu a estas versões?
Bleach

No inicio de 2010, a Warner Bros. anunciou que adquiriu os direitos de adaptação para o cinema do mangá "Bleach", da autoria de Tite Kubo, que posteriormente foi transformado num anime em 2004. Já em 2010 começaram os rumores sobre a produção de uma adaptação cinematográfica live action, mas a Warner Bros. nunca o confirmou e, até hoje, ainda não fez nenhum anúncio relevante sobre o mesmo. O que é certo é que o estúdio continua na posse dos seus direitos, por isso, só a Warner é que poderá avançar, para já, com uma versão cinematográfica americana de "Bleach", mas até ao momento ainda nada foi oficializado. Há uns tempos atrás, a imprensa americana afirmava que Peter Segal e Michael Ewing, os produtores da comédia "Get Smart", estavam interessados em produzir esta longa metragem, mas até à presente data nada foi oficializado e, por isso, é seguro concluir que, para já, este projeto foi engavetado.

Sinopse - Ichigo Kurosaki é um estudante de quinze anos que tem o poder de ver espíritos que, posteriormente, tem que enfrentar e derrotar quando entra para uma organização celestial que tem como função impedir que esses espíritos malignos subjuguem o mundo.


Death Note

Em Abril de 2009, a Warner comprou, após vários meses de negociações, os direitos que lhe permitiriam transformar o popular mangá "Death Note", de Tsugumi Ohba, num filme live action que seguiria o estilo sombrio do anime baseado na mesma obra. O filme chegou a ser confirmado pela Warner, que até definiu 2014 como o possível ano do seu lançamento. O grande desenvolvimento em relação a esta produção cinematográfica foi a contratação de Shane Black, o realizador de "Iron Man 3", para assumir a direção desta ambiciosa longa metragem. Este anúncio foi feito em Janeiro de 2011, mas desde então o projeto morreu por completo, sendo até de presumir que Black abandonou a direção deste projeto há muito tempo e que não a vai retomar, até porque a sua agenda para os próximos anos está completamente lotada. A Warner parece também ter perdido interesse em levar este projeto para a frente. 

Sinopse - Light Yagami é um jovem estudante que encontra um misterioso livro que lhe permite matar quem quiser e como quiser, bastando para isso escrever o nome da vítima no caderno. Light pretende usar o poder deste objeto para se transformar num Deus, mas os seus planos serão contraríados por L, um jovem e inteligente detetive que apenas quer praticar o bem.

Akira

Uma vez mais, foi a Warner Bros. que mostrou interesse em desenvolver uma adaptação cinematográfica do mangá "Akira", da autoria de Katsuhiro Otomo, que em 1988 deu origem a um filme de animação de culto dirigido pelo prórpio Otomo. A Warner comprou os direitos para levar para a frente este projeto live action em 2002, tendo desde logo associado o realizador Stephen Norrington ao projeto, mas o que é certo é que até 2008 o projeto nunca mais foi mencionado na imprensa. Foi neste ano que o projeto sofreu um reboot e renasceu pelas mãos de Ruairí Robinson, que passou a ser associado à sua direção, mas uma vez mais acabou por ser engavetado após vários problemas. Entre 2010 e 2012, os planos para o filme voltaram para cima da mesa e atores como Joseph Gordon-Levitt, Leonardo DiCaprio, Zac Efron, Morgan Freeman, James Franco, Mila Kunis, Garrett Hedlund, Keanu Reeves, Michael Fassbender, Justin Timberlake, Joaquin Phoenix, Chris Pine, Andrew Garfield, Keira Knightley, Alden Ehrenreich, Michael Pitt, Paul Dano, D.J. Cotrona, Logan Marshall-Green, Toby Kebbell, Richard Madden, Rami Malek, Dane DeHaan e James McAvoy foram associados ao elenco desta mega produção, mas no final, a Warner acabou apenas por demonstrar sério interesse em contratar Garrett Hedlund para o papel de Kaneda, Helena Bonhan Carter para o papel de Lady Miyako, Kristen Stewart para o o papel de Wei e Ken Watanabe para o papel de Coronel. É claro que nenhum destes atores chegou a ser oficialmente contratado para assumir o cargo em questão, até porque em Janeiro 2012 a Warner voltou a engavetar o projeto. Em Agosto de 2013, Jaume Collet-Serra foi contratado pela Warner para assumir a direção do filme e até chegou a dizer que esperaria começar a filmar "Akira" em 2014 mas, uma vez mais, os planos para esta obra caíram por terra por razões financeiras e comerciais e o filme foi, uma vez mais, cancelado. Collet-Serra ainda veio dizer no verão de 2014 que o filme estava de pé e que Dante Harper tinha sido contratado para reescrever o seu guião, mas a Warner nunca confirmou nada e o que é certo é que, até ao dia de hoje, este filme permanece engavetado.

Sinopse - Kaneda é um rapaz que tem dedicado a sua vida ao ócio e à diversão descontrolada em Neo-Manhattan, uma das maiores cidades do mundo, onde decidiu montar um estabelecimento nocturno. A sua calma e libertina rotina é subitamente alterada quando descobre que o seu irmão, Tetsuo, foi sequestrado por uma misteriosa agência governamental que é liderada por um dos homens mais cruéis da cidade: O Coronel. Kaneda decide então tentar salvar o seu irmão e aceita, desta forma, juntar-se a Ky Reed e ao movimento rebelde que ela lidera, movimento esse que planeia revelar ao mundo o que realmente aconteceu há tinta anos atrás, quando Manhattan foi destruída por uma força misteriosa. Kaneda acha que as teorias de Ky são ridículas, mas fica chocado quando se reencontra com Tetsuo e descobre que este tem poderes telecinéticos. Ky acredita que Tetsuo está a ser dominado e controlado por Akira, uma força espiritual que pretende utilizar os fantásticos poderes de Tetsuo para destruir a humanidade. A única pessoa que parece ser capaz de o travar é Kaneda, que vai fazer de tudo para evitar que Akira mate o seu irmão e todos os seres humanos.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial