Os 24 Candidatos Aos Óscares - 4ª Parte

As nomeações aos Óscares 2016 só serão divulgadas em Janeiro, mas entre a extensa lista de filmes já estreados ou que ainda irão estrear nos Estrados Unidos da América já conseguimos filtrar aqueles que têm mais hipóteses de conquistar as principais estatuetas da 7ª Arte e realizar um excelente percurso na restante época de prémios. A quarta e última parte foca-se nos restantes candidatos que, embora demonstrem um forte potencial para apresentar candidaturas sólidas em várias categorias, não estão no topo das preferências na corrida ao Óscar de Melhor Filme.

Black Mass

Inicialmente apontado como possível candidato ao Óscar de Melhor Filme, "Black Mass" já só parece ter esperanças de conquistar uma nomeação quase certa ao Óscar de Melhor Ator por intermédio de Johnny Depp, que neste filme de gangsters tem uma performance verdadeiramente notável. Já no que toca aos outros pontos, "Black Mass" poderá ainda ambicionar ao Óscar de Melhor Caracterização, mas por estas alturas a ambição dos seus produtores em chegar ao Óscar de Melhor Filme já parece muito improvável, não porque seja um filme mediano, mas porque simplesmente não se trata de um filme fora do normal.

The Walk

Entre todos os candidatos, "The Walk" aparenta ser aquele que mais se aproxima de uma presença no Top5 dos nomeados ao Óscar de Melhor Filme, mas convém não esquecer que este ano, como em outros, a concorrência será feroz. Esta obra de Robert Zemeckis, que nos apresenta um retrato visualmente estonteante sobre a já famosa peripécia que Philippe Petit protagonizou em 1974 quando caminhou entre as Torres Gémeas, tem todo o potencial para conquistar a Academia e conquistar muitas nomeações. A nomeação de Joseph Gordon Levitt ao Óscar de Melhor Ator parece bem encaminhada, como as nomeações nas categorias de Fotografia e Montagem parecem também bem possíveis, resta saber se "The Walk" conseguirá um espaço de nomeação entre os Melhores Filmes.

By The Sea

O casal Brangelina (Brad Pitt e Angelina Jolie) protagoniza este romance da Universal Pictures realizado pela própria Angelina Jolie que, após as fraquinhas conquistas de "Unbroken" na época de prémios do ano passado, poderá redimir-se este ano. É claro que não se espera uma nomeação de Jolie ao Óscar de Melhor Realizador, nem uma nomeação de Brad Pitt ou de Jolie aos Óscares de Melhor Ator e Atriz pelas suas respetivas performances como um casal que chegam a um Hotel em plena crise matrimonial. É no entanto descabido retirar potencial a "By The Sea" de chegar a Óscares como o de Melhor Argumento Original.

Beasts of No Nation

Produzido pela Netflix, "Beast of No Nation" poderá fazer história caso chegue aos Óscares. As críticas têm sido muito famosas e tudo aponta para que esta obra sobre as consequências, dramas e experiências da guerra possa candidatar-se ao Óscar de Melhor, mas apesar de tudo não se encontra naquele Top5 que já parece ter a nomeação a este prémio assegurada. O que parece certo é que a categoria de Melhor Ator Secundário (Idris Elba) terá a presença deste filme.

Truth

Este thriller jornalístico sobre a polémica investigação que foi promovida relativamente ao passado militar de George W. Bush não parece ter força suficiente para chegar aos Óscares de Melhor Filme, Realizador ou Argumento Adaptado. Será contudo na representação que "Truth" poderá conquistar uma ou duas nomeações por intermédio de Robert Redford (Ator Principal) ou Cate Blachett) (Atriz Secundária)

Sicario

É forte, realista e violento, mas embora os elogios a "Sicario" cheguem de todas as partes do globo, não serão muitos aqueles que arrisquem atribuir-lhe para já uma candidatura séria aos Óscares, no entanto, o potencial está todo lá. Emily Blunt poderá alcançar uma nomeação ao Óscar de Melhor Atriz e até Benício del Toro poderá conquistar a nomeação do Óscar de Melhor Ator Secundário, mas será possível esperar voos mais altos deste projeto?

Pawn Sacrifice

As suas hipóteses iniciais eram aliciantes, mas por estes dias especula-se que "Pawn Sacrifice" pouco terá a dizer nesta corrida aos Óscares, especialmente após uma estreia meramente razoável nos Estados Unidos da América. Esta cinebiografia do famoso jogador de xadrez Bobby Fisher poderá, ainda assim, sonhar com uma nomeação Óscar de Melhor Ator Principal por intermédio de Tobey Maguire, mas verdade seja dita que as suas hipóteses são francamente medianas.

45 Years

Entre os 24 Candidatos aqui expostos, "45 Years" será porventura o menos mediático e, verdade seja dita, poucas hipóteses terá de chegar ao Óscar de Melhor Filme. Mas isto não invalida a sua candidatura. A crítica mundial rendeu-se a este avassalador drama sobre um casal que se depara com um estranho percalço nas vésperas do seu 45º Aniversário de Casamento. Todos o elogiam, mas à partida as melhores hipóteses de "45 Years" chegar aos Óscares prendem-se com uma possível nomeação da experiente Charlotte Rampling ao Óscar de Melhor Atriz. 

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial