Sequela de World War Z Segue os Passos do Primeiro Filme e Também Enfrenta Problemas de Pré-Produção

A história repete-se. À semelhança do que se passou com "World War Z", também a sua continuação está a enfrentar problemas sérios de pré-produção. O cineasta Juan Antonio Bayona, que tinha sido contratado pela Paramount Pictures para assumir a direção desta obra, anunciou que irá abandonar este projeto. O cineasta justificou esta decisão com o atraso do processo de filmagens de "A Monster Calls", que deverá estrear ainda em 2016, mas a verdadeira razão deverá ser outra. O Deadline revela que Bayona desistiu deste projeto porque a Universal Pictures ofereceu-lhe a direção da continuação de "Jurassic World", um projeto mais aliciante e rentável que terá pesado e muito nesta decisão de Bayona. 
A Paramount poderá assim adiar as filmagens desta sequela que, recorde-se, deveria começar a ser gravada ainda este ano para assim ser lançada em 2017. Este prazo não deverá ser concretizado porque, para além de já não ter realizador, "World War Z 2" enfrenta outros problemas, como dúvidas relativas ao financiamento e elenco, bem como problemas com um argumento que, alegadamente, não terá agradado a Brad Pitt que, para já, ainda está confirmado no elenco desta sequela.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial