Após a Polémica, Amber Heard Exonera Johnny Depp Ao Declara-se Culpada Por Crime de Falsificação de Documentos

É oficial, a atriz norte-americana Amber Heard declarou-se culpada do crime de falsificação de documentos perante um tribunal australiano. Esta admissão de culpa vem na sequência do polémico caso que envolveu também o seu namorado e também ator Johnny Depp. O casal viajou em 2015, no seu avião privado, para Austrália, onde têm uma casa. Esta viagem aparentemente normal ficou manchada pela polémica quando as autoridades australianas apreenderam os dois cães do casal da raça terrier, Pistol e Boo, cuja entrada no país não tinha sido autorizada porque nem sequer tinha sido requisitada ou registada. As autoridades policiais australianas intervieram e acusaram Depp e Amber de falsificação de documentos e tráfico de animais, tendo até ameaçado abater os dois cães caso o casal não enviasse novamente os animais para os Estados Unidos. 
Este caso deu origem a um procedimento criminal do qual Depp acabou por ser exonerado, isto porque a sua namorada, Amber Heard, assumiu a culpa de não ter registado devidamente a entrada dos animais no país. A atriz aceitou declarar-se culpada do crime de falsificação de documentos por não ter declarado, no imprenso que preencheu quando chegou à Austrália, que trazia consigo no avião dois cães, mas em troca exigiu que os processos relativos aos crimes mais graves de importação ilegal de animais fossem arquivados. As autoridades australianas acabaram por aceitar estes termos e, perante a confissão da atriz, um tribunal australiano ditará em breve uma sentença que não passará de uma multa elevada, apesar deste crime ter como pena máxima uma pena de prisão de dez anos.  


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial