Da Rússia Com Ação! Conheça Alguns Dos Blockbusters de 2016 Provenientes da Rússia: Drakon, Hardcore, Flight Crew e Mafia: Survival Game

A Rússia tem apostado cada vez mais em produções cinematográficas de ação/fantasia com elevados orçamentos e efeitos visuais que apelam ao lado mais comercial do espectador. Pese embora o claro investimento que tem sido feito pelos estúdios russos, as mega produções russas ainda estão um pouco distantes do nível financeiro e técnico das badaladas mega produções de Hollywood. Neste ponto basta recordar que uma mega produção russa tem, em média, um orçamento de trinta milhões de dólares, valor esse que em Hollywood corresponde ao orçamento base de um simples drama ou comédia de qualquer um dos principais estúdios. Não é por acaso que em Hollywood se diz que se um filme tiver um orçamento inferior a vinte milhões de dólares é considerado, para todos os efeitos práticos, um filme independente.

Embora estejam ainda longe dos gigantes orçamentos dos mega blockbusters norte-americanos, as mega produções russas têm criado um forte impacto comercial na Rússia e nos seus vizinhos mais próximos, como a Letónia, Lituânia, Estónia ou Bielorrusia, mas começam também já a causar um certo impacto em mercados importantes, como a China. O mais recente exemplo desta exportação para terras chinesas pertence ao filme de fantasia "Drakon" que, após ter sido um dos filmes mais pirateados em terras chinesas no início do ano,  conseguiu chamar a atenção dos distribuidores chineses que, entretanto, já anunciaram que "Drakon" estreará em alguns cinemas selecionados ainda em 2016. Realizado por Indar Dzhendubaev, "Drakon" é um romance de fantasia e ação que conta a história de uma jovem princesa que, no dia do seu casamento, é raptada por um dragão e levada para uma ilha isolada. O filme segue o drama do cativeiro da princesa e a sua aproximação romântica junto de um homem que, tal como ela, habita na ilha, mas esconde um segredo macabro. 


O caso de "Drakon" não é único. Esta semana, por exemplo, estreia em Portugal o curioso filme de ação "Hardcore", uma coprodução entre a Rússia e os Estados Unidos da América com exibição já assegurada em vários mercados importantes, como os Estados Unidos, a França, a Itália ou o Reino Unido. Realizado por lya Naishuller, mas produzido pelo conhecido cineasta Timur Bekmambetov, "Hardcore" conta a história de um jovem que, por uma estranha via tecnológica, regressa do mundo dos mortos e cai de paraquedas numa trama de conspiração e guerra internacional que testa os seus limites. O estilo peculiar de "Hardcore", que em certa medida faz lembrar os mais populares videojogos first person shooter, torna-o num projeto aliciante que, a julgar pela atenção mediática que tem recebido um pouco por todo o mundo, parece condenado a tornar-se num dos principais blockbusters russos de 2016. Vê AQUI o Trailer e Informação Detalhada.

Já num plano mais local, a Rússia já promoveu este ano o lançamento de alguns blockbusters curiosos, como "Flight Crew". A sua estreia mundial ocorreu no prestigiado Festival de Berlim e chegará já este mês aos cinemas russos. Trata-se apenas do segundo filme russo inteiramente filmado em 3D IMAX. Inspirado num famoso filme de ação catástrofe da era soviética, "Flight Crew", de Nikolai Lebedev, acompanha a história de uma equipa de pilotos de um voo comercial que, após receberem a notícia que um desastre natural afetou gravemente uma ilha, decidem voar até ao epicentro do caos para prestarem ajuda às vítimas. 


Sarik Andreasyan foi responsável pelo lançamento, já no final de 2015, de outro blockbuster produzido em casa. Trata-se de "Mafia: Survival Game", uma espécie de adaptação cinematográfica da popular saga de videojogos "Mafia", cuja história segue doze assassinos profissionais que competem para ganhar um avultado prémio monetário. Para vencerem o jogo, os participantes "só" têm que eliminar a Máfia. Importa recordar que, com a excepção de "Hardcore", nenhum dos restantes filmes aqui apresentados será lançado em Portugal ou até no resto da Europa Ocidental. Fica, no entanto, a dica para todas as distribuidoras nacionais, já que estas obras russas aparentam um certo valor comercial. E não esquecer que esta aposta da Rússia veio para ficar, pelo que já foram anunciados mais mega produções que têm levantado muita curiosidade, como o drama de aventura "Viking" ou o filme de ação noir "The Defenders", que promete ser a resposta da Rússia aos filmes da Marvel.


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial