Comunicado de Imprensa - Apresentação do Curtas Vila do Conde 2016

A programação do 24º Curtas Vila do Conde, que decorre entre 9 e 17 de julho, foi anunciada esta manhã em conferência de imprensa. Entre os destaques desta edição estão: as competições que voltam a apresentar o melhor do cinema contemporâneo; os filmes-concerto que trazem a Vila do Conde músicos como Tindersticks, Jay-Jay Johanson e The Legendary Tigerman; a retrospetiva dedicada ao cinema independente do coletivo Borderline Films e a carta branca e exposição de João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata. Em 2016, o Curtas Vila do Conde oferece uma homenagem ao cinema e à sua história através de um conjunto de sessões distribuídas pelas várias secções do festival.Como é habitual, o Curtas terá o seu foco nas Competições – Nacional, Internacional, Experimental, Curtinhas, Vídeos Musicais e Take One! – sessões que voltarão a mostrar o pulsar do cinema contemporâneo, trazendo de volta a Vila do Conde alguns autores mas apresentando também trabalhos de realizadores emergentes.
A secção In Focus dedica uma retrospetiva ao coletivo Borderline Films, cujos autores - Antonio Campos, Sean Durkin e Josh Mond - têm oferecido uma renovação geracional do cinema indie americano. Neste foco, serão exibidos os filmes mais significativos deste trio: “James White”, “Martha Marcy May Marlene” e “Simon Killer”. Esta retrospetiva permitirá, assim, descobrir estes autores e a forma como têm contribuído para mudar o cinema americano, utilizando o cinema de género para contar histórias e desafios do mundo contemporâneo. Outro coletivo, mas em forma de dupla, tem motivado grande entusiasmo no cinema português e estará em Vila do Conde: João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata. Os dois realizadores vão apresentar uma exposição na Solar – Galeria de Arte Cinemática e uma carta branca no Curtas Vila do Conde. Patente entre 2 de julho e 25 de setembro, “Do Rio das Pérolas ao Ave” é a primeira exposição em Portugal da dupla e propõe um percurso lúdico pelo universo dos dois cineastas, procurando estabelecer novos diálogos com os filmes e respectivos processos de produção, numa abordagem muito diferente da que acontece habitualmente na sala de cinema. Em complemento à exposição e a convite do Curtas Vila do Conde, João Pedro Rodrigues e João Rui Guerra da Mata vão apresentar no festival uma misteriosa e histórica carta branca. As três sessões integram uma seleção de curtas-metragens escolhidas pela dupla de cineastas, de autores como Buster Keaton, Charles Chaplin, Jacques Tati, Alan Schneider, Jean Genet, Andy Warhol, Kenneth Anger, Jacques Demy e Jean-Luc Godard, entre outros. São filmes históricos e que desafiam as convenções do cinema narrativo.
Uma das marcas mais importantes das noites de Vila do Conde são os filmes-concerto, onde a música e o cinema se encontram de forma criativa. Este ano, a secção Stereo oferece espetáculos de Tindersticks, Jay-Jay Johanson, The Legendary Tigerman e The Greg Foat Group. Os ingleses Tindersticks vão apresentar, pela primeira vez em Portugal, um espetáculo especialmente preparado como filme-concerto. “The Waiting Room” acompanha o último álbum da banda com um conjunto de curtas-metragens encomendadas para o efeito, de autores como Christoph Girardet, Claire Denis ou o próprio vocalista Stuart A. Staples. Outro dos grandes nomes desta edição é o de Jay-Jay Johanson que apresentará o seu último álbum, “Opium” - assumidamente mais pop e rock -, num espetáculo audiovisual. Presença frequente no Curtas, The Legendary Tigerman regressa este ano com um espetáculo surpreendente, “How To Become Nothing”, um projeto em estreia absoluta que juntou o músico, a fotógrafa Rita Lino e o realizador Pedro Maia numa road trip pelo deserto da Califórnia. Finalmente, pela primeira vez em Portugal, The Greg Foat Group, o quinteto de jazz liderado pelo talentoso músico Greg Foat, sobe ao palco do festival para apresentar, também em estreia, “Visual Music”, uma banda sonora original para clássicos do cinema de vanguarda. A secção Stereo vai contar ainda com performances de live-cinema a cargo de Jorge Quintela e Pedro Maia.
Destaque ainda para as três sessões dedicadas ao ensaio audiovisual, um fenómeno que surgiu, nos últimos anos, impulsionado pela digitalização do cinema, pelas técnicas ‘do it yourself’ e a Internet. Este género - que tem também uma componente académica - utiliza excertos de outros filmes para comprovar teorias ou tendências em conjuntos de obras ou de autores. No Curtas Vila do Conde, o fenómeno será explicado através de filmes que podem ser considerados a arqueologia do ensaio audiovisual, com autores como Bruce Conner, Matthias Müller, Martin Arnold ou Jean-Luc Godard. Por outro lado, serão também exibidos filmes contemporâneos de alguns dos melhores ensaístas, como Mark Rappaport (com uma sessão dedicada à sua obra), ::kogonada, Kevin B. Lee, Tony Zhou, Thomas Elsaesser ou Adrian Martin. Procurando formar os públicos do futuro, o festival volta a reservar uma secção às crianças através do Curtinhas, um mini-festival dentro do Curtas Vila do Conde, com sessões de cinema, uma competição de filmes (em que o júri é também composto por crianças), um Espaço Infantil e oficinas práticas de cinema. Na abertura do Curtinhas será exibida a animação “À Procura de Dory”, mais uma aventura subaquática dos peixes favoritos da Disney.
Para um público mais crescido, mas com o mesmo objetivo formativo, a secção Take One!, para além da competição de filmes de escola, promove masterclasses, debates e um Workshop de Crítica de Cinema, que vai juntar críticos, cineastas e académicos com um grupo de aspirantes à arte de escrever sobre cinemaTodos os anos, através de uma programação arrojada, o Curtas Vila do Conde oferece uma vasta seleção de filmes inovadores para um público cada vez mais interessado e que vive a semana do Festival de forma intensa. Por isso, nos primeiros dias de julho, todos os anos, o início de Verão tem um lugar de passagem obrigatória! O Curtas Vila do Conde tem o apoio da Câmara Municipal de Vila do Conde, do Ministério da Cultura, do Instituto do Cinema e Audiovisual e de vários parceiros imprescindíveis à realização do festival.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial