Crítica - The Secret Life of Pets (2016)

Realizado por Chris Renaud 
Com Louis C.K., Eric Stonestreet, Kevin Hart 

Tendo em conta as elevadas previsões mediáticas esperava-se que “The Secret Life of Pets” fosse um pouco melhor. A Illumination Entertainment, a mesma produtora que nos apresentou aos adoráveis Minions, tentou apelar novamente ao lado mais sensível dos espectadores ao apostar numa história focada nas aventuras de adoráveis animais de estimação. Não se pode dizer que desta vez tenham tido sucesso nesta tentativa. Embora parta de um conceito muito interessante e recheado de boas intenções, “The Secret Life of Pets” acaba por não ter a piada desejável, mas também se pode dizer que não é tão adorável ou fofo como se pensava.
Esta aposta da Illumination Entertainment representa portanto um tiro ao lado no que à qualidade, humor e imaginação diz respeito. Não se pode dizer que não seja um sucesso, já que apesar das suas falhas óbvias foi muito bem recebido nos principais mercados, mas ainda assim este facto não impede “The Secret Life of Pets” de se situar numa zona de fracasso e mediocridade. A juntar a uma história já batida sobre os valores da amizade e sem humor relevante à mistura há ainda que realçar o mediano trabalho técnico desta animação. Em comparação com outros produtos do mesmo género e de orçamento aproximado, “The Secret Life of Pets” destaca-se pela negativa no campo visual ao apresentar uma animação demasiado infantil e não tão detalhada como seria de esperar. No fundo estamos perante um mero filme de animação banal, cujo público alvo, ou seja, as crianças, serão mesmo o único tipo de espectador a retirar alguma alegria do seu conteúdo bem opaco. 

Classificação - 2 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial