Os 4 Filmes Para Ver no Kino 2017

A 14.ª Edição da KINO – Mostra de Cinema de Expressão Alemã decorrerá entre os dias 19 de Janeiro e 3 de Fevereiro em Lisboa (19 – 24 de Janeiro no Cinema São Jorge e no Goethe-Institut), no Porto (26 - 29 de Janeiro no Teatro Municipal Rivoli e Cinema Passos Manuel) e em Coimbra (01 – 03 de Fevereiro no Teatro Académico Gil Vicente). Ao todo, a KINO 2017 apresentará nas três cidades um total de dezoito longas-metragens e duas sessões de curtas-metragens. Os bilhetes já estão à venda e o Portal Cinema tem um Passatempo Online. Aqui ficam as nossas 4 Sugestões para esta Mostra de Cinema Alemão!

Fukushima Mon Mour
Realizado por Doris Dörrie
Com Rosalie Thomass, Kaori Momoi, Nami Kamata
Sinopse - Marie, uma jovem alemã, viaja para o Japão fugindo de sonhos desfeitos. Associa-se à organização Clowns- 4Help, que pretende levar às vítimas da tripla catástrofe de Fukushima, em 2011, um pouco de alegria nos abrigos de emergência onde se encontram, e em que continuam a viver sobretudo pessoas idosas porque não quiserem ou não puderam sair dali. Contudo, Marie reconhece rapidamente que não está à altura daquela tarefa. Pouco antes de voltar a fugir, encontra
a obstinada Satomi, a última geisha de Fukushima, que decide à viva força regressar à sua casa destruída, no perímetro da zona de exclusão. Marie ajuda Satomi a fazer a mudança e a instalar-se. Durante este tempo, a jovem e a mulher idosa, que não poderiam ser mais diferentes uma da outra, aproximam-se gradualmente, e ambas são confrontadas com os fantasmas do passado. Depois de Kirschblüten – Hanami, Doris Dörrie, também autora do guião, regressa ao Japão. O seu drama a preto-e-branco narra uma história universa


24 Semanas
Realizado por Anne Zohra Berrached
Julia Jentsch, Bjarne Mädel, Johanna Gastdorf
Sinopse - Astrid, artista de cabaret, faz rir as pessoas. O marido é o agente dela. Os dois são uma equipa experiente, têm uma filha de nove anos e esperam um segundo filho. Quando ficam a saber que este filho não nascerá saudável, começam por enfrentar com grande otimismo este desafio, que mal podem ainda avaliar. Porém, quanto mais se aproxima a data do nascimento, maiores se tornam as preocupações de Astrid relacionadas com o futuro do recém-nascido, bem como da família e da profissão. Depois de muitas discussões e conversas sobre o assunto, Astrid chega à conclusão de que a decisão, que afecta a vida de todos, só pode ser tomada por ela própria. Isto torna-se tanto mais complicado por ser uma artista de sucesso, com grande visibilidade nos meios de comunicação social. 


Fado
Realizado pot Jonas Rothlaender
Com Golo Euler, Luise Heyer, Albano Jerónimo 
Sinopse - A morte de uma paciente arranca o jovem médico Fabian da sua rotina. Despede-se do emprego, abandona Berlim e parte em viagem, procurando a ex-namorada, Doro, arquiteta, que trabalha em Lisboa desde há pouco tempo. Doro fica incomodada com a sua chegada súbita e a princípio mantém-no à distância, mas Fabian concentra todos os seus esforços no sentido de reconquistá-la. Procura um apartamento, começa a aprender português e trabalha como médico num projeto de solidariedade. Tudo parece estar a correr da melhor forma, não fora o encantador colega de Doro, Francisco, e os fantasmas do passado, padrões de comportamento antigos e os ciúmes que consomem Fabian e o perturbam constantemente.

Aloys
Realizado por Tobias Nolle
Com Georg Friedrich, Tilde von Overbeck, Kamil Krejcí 
Sinopse - Após a morte do pai, Aloys Adorn toma conta da agência de detetives, que detinham em conjunto. Filma o pai morto, numa maca, com a sua câmara de vídeo e
passa a ver as imagens repetidamente em casa. Uma manhã, acorda no banco de um autocarro, no terminal – a sua câmara e o telemóvel tinham-lhe sido roubados – com uma garrafa vazia ao lado, com a qual se tinha embebedado na noite anterior até perder os sentidos. Depois do telefonema misterioso de uma rapariga, que aparentemente estava na posse dos seus pertences, passa de observador a observado. Aloys fica fascinado com aquela voz, que o mantém submerso num misto de ânsia pela morte e pensamentos filosófi cos sobre a relatividade do real. Desenrola-se um pas de deux entre realidade e devaneios surrealistas, em que a natureza irrompe pela casa de Aloys, ovelhas balem em elevadores de arranha-céus e em que cabos telefónicos ficam emaranhados em árvores.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana

Membro Oficial

Membro Oficial