Especial FantasPorto 2017 no TVCINE 4

Os Canais TVCine & Séries associam-se a mais uma edição do Fantasporto com um especial de quatro filmes exibidos no festival deste ano. Os temas zombies, drogas psicadélicas, ameaças extraterrestres e crises de amnésia estarão presentes neste Especial Fantasporto’17 que será exibido, no TVCINE 4, no dia 24 de Fevereiro, sexta-feira, a partir das 18h,  dia de abertura da competição oficial do festival.
O Especial Fantasporto’17 começa com "Deb e os Zombies" (2015), de Kyle Rankin, logo às 18h. Deborah é jornalista numa estação local de Portland, Maine, e consegue engatar Ryan (Michael Cassidy), um solteirão muito bem-parecido e desejado por todas as meninas. Depois de uma noite de sexo, Ryan convida Deborah, de forma diplomática, a sair rapidamente de sua casa. Mas Deb não estava à espera do que ia encontrar lá fora, para além da vergonha: a cidade está infestada de zombies e o único sítio seguro parece ser a casa de Ryan. Segue-se "História de Uma Mente Criminosa" (2016), de Chris Scheuerman, às 19h30. O filme conta a história de um psicopata insensível e cruel que depois de tomar um comprimido embarca numa viagem psicadélica pela sua consciência. Spence (Andrew Jenkins, que é também coautor do argumento) passa a ter sentimentos e começa a questionar a sua própria moralidade e ética.
A começar a noite estará "A Fenda (2016"), de Dejan Zecevic, uma coprodução entre Sérvia, Eslovénia e Coreia do Sul. Um satélite regressou à Terra mas desapareceu. A única pista aponta para uma casa abandonada numa floresta a norte de Belgrado. À medida que a equipa responsável investiga o caso vai descobrindo que o que voltou do espaço não foi apenas o satélite. O Especial Fantasporto’17 termina às 23h com o filme sérvio "Encarnação" (2016), de Filip Kovacevic. O filme conta a história de um homem (Stojan Đorđević) que, todos os dias, acorda num banco numa praça de uma cidade desconhecida. Todos os dias ele é perseguido pelo mesmo gangue de homens mascarados que acabam por matá-lo. E todos os dias ele recupera a consciência no mesmo sítio, apenas para viver tudo de novo. Mas a cada morte o homem vai recolhendo mais elementos que poderão permitir-lhe descobrir a verdade sobre quem, quem são os homens que o matam e por que razão vive todos os dias a sua morte.


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial