A Bela e o Monstro Será Proibido na Rússia e Boicotado na América?

O filme "Beauty and The Beast", a versão live action que a Walt Disney está prestes a lançar do seu clássico de animação "A Bela e o Monstro", poderá ser banido da Rússia. O facto do filme apresentar a primeira personagem assumidamente homossexual da Walt Disney está a gerar polémica não só na Rússia, mas também nos Estados Unidos. Foi confirmado que LeFou (Josh Gad), o ajudante do vilão Gaston (Luke Evans), será homossexual e irá exibir desejos românticos em relação ao vilão. Na Rússia, onde a homossexualidade não é crime mas é muito mal vista, já circulam apelos para que o filme não seja exibido no país por apelar à propaganda gay. Para já ainda não se sabe se o filme será mesmo banido, mas o que é certo é que, mesmo que venha a ser exibido, será em menos salas do que o previsto e terá muito menos público do que aquele que se esperava. Também nos Estados Unidos a decisão de tornar LeFou homossexual não está a ser muito bem aceite. Os espectadores mais conservadores acreditam que a decisão da Disney vai contra os valores tradicionais do estúdio e consideram que a inclusão da homossexualidade retira ao filme o título de filme familiar direcionado para as crianças, já que o tema é demasiado controverso para ser explorado num filme infantil. Também nos Estados Unidos está a ser pedido um boicote ao filme, nomeadamente em estados mais conservadores.Protagonizado por Emma Watson, Luke Evans e Dan Stevens, "Beauty and The Beast" será lançado em quase todo o planeta, incluíndo em Portugal, nos dias 15 e 16 de Março.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial