Escândalo Kevin Spacey Obriga a Mudanças em All The Money in The World e Poderá Retirar o Filme do Radar dos Óscares

Por ordem de Ridley Scott e da Sony Pictures, o thriller/dramático "All The Money in The World", um dos possíveis candidatos aos Óscares, vai passar por um inesperado processo de refilmagens. Devido ao escândalo de assédio sexual em que está envolvido o ator Kevin Spacey, que tinha um importante papel secundário no filme, Scott e a Sony optaram por apagá-lo do filme, mas como a sua personagem é relevante para a história vão ter que refilmar as cenas em que tal personagem, o magnata J.Paul Getty, aparece. O escolhido para substituir Spacey e interpretar essa personagem é o experiente ator Christopher Plummer. As novas gravações terão lugar em Londres entre 20 e 25 de novembro, em Itália nos dias 26 e 27, e finalmente em Roma, a 28 e 29 de novembro. A substituição das cenas obrigou ao cancelamento das entrevistas promocionais previstas para inicio do mês de dezembro, em Nova Iorque. Novas datas poderão vir a ser agendadas em Los Angeles, mas permanecem dependentes da disponibilidade do realizador e dos atores.
A Sony Pictures e Ridley Scott, bem como os restantes produtores do filme, mantêm o empenho no posicionamento do filme como um dos favoritos aos Óscares, mas o calendário apertado de promoção deverá inviabilizar uma maior exposição do filme junto da época de prémios. É de recordar que a história do filme centra-se no rapto do neto de J Paul Getty, magnata do petróleo, e na luta dos pais do adolescente para reaverem o filho. A estreia nos EUA continua marcada para 22 de dezembro com o lançamento em Portugal agendado para 25 de janeiro de 2018.


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial