Os 24 Candidatos aos Óscares - 4ª Parte - Os Favoritos

As nomeações aos Óscares 2018 só serão divulgadas em Janeiro, mas entre a extensa lista de filmes já estreados ou que ainda irão estrear nos Estrados Unidos da América já conseguimos filtrar aqueles que têm mais hipóteses de conquistar as principais estatuetas da 7ª Arte e realizar um excelente percurso na restante época de prémios. Ao longo de quatro partes divulgaremos esses títulos e prestaremos valiosas informações sobre os mesmos, sendo agora altura de revelar os sete candidatos que, graças ao seu impacto mediático, podem ser apelidados de favoritos. 

Three Billboards Outside Ebbing, Missouri

É, à data, o principal candidato ao Óscar de Melhor Filme. Vencedor do Prémio do Público no Festival de Toronto, "Three Billboards Outside Ebbing, Missouri" tem conquistado os críticos em todo o mundo com a sua mistura entre uma comédia de humor negro e um drama policial. O que parece seguro é que à sua estrela principal, Frances McDormand, não deverá escapar uma nomeação ao Óscar de Melhor Atriz.

Detroit

Um dos primeiros candidatos assumidos ao Óscar de Melhor Filme que, infelizmente, tem vindo a perder força à medida que a concorrência vai apertando. As críticas são excelentes, o tema é fortíssimo  e a sua realizadora, Kathryn Bigelow, tem muito crédito junto da Academia. Será o suficiente?

Last Flag Flying

É um filme de Richard Linklater que apela ao patriotismo norte-americano, um tema que, por hábito, costuma resultar em muitos prémios. Embora não seja um candidato consensual, "Last Flag Flying" tem conseguido reunir bons apoios e poderá cumprir aquilo que se espera dele, ou seja, uma forte presença entre os nomeados aos Óscares.

Phantom Thread

É, ao que tudo indica, o último filme de Daniel Day Lewis, um veterano dos Óscares e um dos maiores atores da atualidade. É também um filme que marca o reencontro entre Day Lewis e o aclamado realizador Paul Thomas Anderson, isto após terem colaborado no consagrado "There Will be Blood". Só por estas duas razões, "Phantom Thread" já merece ser levado a sério como um candidato de peso, quanto mais não seja porque Day Lewis poderá despedir-se com mais um Óscar. Será um dos últimos candidatos a ser lançado nos cinemas, pelo que este facto pode prejudicá-lo e muito na disputa por um lugar entre os nomeados a Melhor Filme.

The Shape of Water

Venceu o Leão de Ouro no Festival de Veneza e é uma obra do talentoso Guillermo del Toro. É certo que a sua temática fantástica poderá prejudicá-lo perante obras mais sérias, mas vale a pena recordar que, em 2016, "Arrival" foi uma sensação mesmo com uma temática sci-fi. O feedback tem sido muito positivo, mas conseguirá "The Shape of Water" conquistar Hollywood?

Darkest Hour

É o candidato mais clássico entre os candidatos centrais, ou seja, é o filme que mais se enquadra no tipo de filme que a Academia costuma premiar com o Óscar de Melhor Filme. É uma longa metragem segura, histórica, dramática e que remete para dois dos principais temas da indústria, a política e a guerra. É uma cinebiografia do icónico Winston Churchill e só por isso tem argumentos de sobra para brilhar. É claro que também ajuda apresentar uma performance de luxo de Gary Oldman que, quase de certeza, lutará taco a taco com Daniel Day Lewis pela vitória ao Óscar de Melhor Ator.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial