Pérolas Indie - Brawl in Cell Block 99 (2017)

Realizado por S. Craig Zahler
Com Vince Vaughn, Jennifer Carpenter, Don Johnson


Sinopse - Um ex-pugilista (Vince Vaughn) que se tornou contrabandista de drogas acaba por ser preso por causa de um acordo que correu mal. Dentro da cadeia, ele encontra vários dos seus inimigos e homens que o obrigam a cometer atos violentos e brutais.

Crítica - A violência é o elemento dominador de "Brawl in Cell Block 99", um thriller de ação com nuances grindhouse que, entre outras coisas, surpreende graças à brutal performance de Vince Vaughn. O ator que domina esta longa metragem não parece, aliás, ser o mesmo que nos acostumamos a ver em várias comédia de Hollywood, mas a realidade é que é o mesmo ator mas com uma faceta completamente diferente. É um Vaughn transfigurado que está mais comprometido com o drama e com a violência crua que, no fundo, representa a sua personagem. É este compromisso com o desafio do papel e do projeto que torna a sua ilustre performance num dos pontos de destaque. É tão violenta e credível que quase arrisco dizer que, só por isto, vale a pena dar uma espreitadela ao filme.
E digo isto porque, efetivamente, no seu todo, "Brawl in Cell Block 99" não é tão espetacular como a prestação de Vaughn. A primeira metade do filme é, aliás, bastante aborrecida, valendo apenas pela forte presença do protagonista e pela hábil construção moral da sua personagem, nomeadamente através de sequências muito bem pensadas. Já a segunda parte acaba por ser bem mais dinâmica, mas acima de tudo acaba por ser bem mais violenta. É nesta fase que acompanhamos o protagonista na prisão e é aqui que começa a sua impressionante escalada de violência. Esta é inicialmente bastante metódica e cuidada, já que é motivada por uma situação familiar bem específica. Só na parte final é que os objetivos do protagonista se alteram e este passa a desejar vingança, sendo aqui que "Brawl in Cell Block 99" acaba por revelar a real faceta violenta do seu enredo. É a partir daqui que se pode considerá-lo um verdadeiro projeto grindhouse de violência gratuíta e explícita, já que os últimos vinte minutos do filme representam precisamente aquilo que se espera de um filme desse género. É neste sentido que o filme se revela gratificante para os fãs deste género de películas, já que efetivamente fornece doses industrias de violência e crueldade humana.
A história em si não é particularmente profunda ou representativa do mundo prisional real ou, aliás, de qualquer outro tema socialmente revelante, mas dentro dos grandes objetivos do filme, nomeadamente a violência, "Brawl in Cell Block 99" acaba por conseguir cumprir o esperado. Não é um grande filme, mas é um competente filme de género que, repito, contém uma gigante performance de Vince Vaughn.

Classificação - 3 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana

Membro Oficial

Membro Oficial