Crítica - The Strange Ones (2017)

Realizado por Christopher Radcliff, Lauren Wolkstein
Com Alex Pettyfer, James Freedson-Jackson, Emily Althaus

Venceu o Prémio Especial do Júri do prestigiado SXSW Film Festival em 2017, mas embora tenha ideias muito curiosas, é difícil de classificar "The Strange Ones" como um filme acima da média. O filme segue alguns eventos misteriosos que rodeiam a viagem de dois jovens ao longo de uma paisagem remota dos Estados Unidos. A princípio, tudo parece normal, mas o que parecia ser uma simples viagem acaba por se tornar numa complexa teia de eventos sombrios.
É com base nesta ideia de suspense que "The Strange One" se apresenta ao espectador, mas o que até começa por ser um filme com potencial sombrio e misterioso acaba por perder o seu rumo. O enredo é confuso e acaba por não conseguir atar todas as pontas soltas que se vão criando, dando assim azo a alguns buracos narrativos importantes e a uma compreensível ideia de descompensamento. No final até se consegue perceber-se a ideia que os seus responsáveis pretendiam atingir, mas a forma como o fizeram acabou por não ser a melhor. Pese embora as falências do enredo, "The Strange Ones" apresenta alguns pontos curiosos, como por exemplo a intensa performance do jovem James Freedson-Jackson.

Crítica - 2 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica em Destaque

Membro Oficial

Membro Oficial