FESTin 2018 - Vencedores

 
O filme “Redemoinho”, de José Luiz Villamarim, sobre dois amigos que se reencontram após um acontecimento trágico na infância, foi escolhido pelo júri como o Melhor do Filme do FESTin 2018, enquanto o cineasta foi escolhido também como Melhor Realizador. Já o prémio do Júri da Crítica foi para “Açúcar”, de Renata Pinheiro e Sérgio Oliveira, com uma Menção Honrosa para “Mulher do Pai”. O público escolheu para distinguir “Como Nossos Pais”, de Laís Bodanzky, obra que estreia comercialmente em Portugal no dia 15 de Março.
Os restantes prémios para as longas-metragens de ficção couberam a Grace Passô (Melhor Atriz por “Praça Paris”, coprodução da Fado Filmes (também com estreia prevista para o circuito comercial), e Marat Descartes (Melhor Ator por “Mulher do Pai”). Na categoria Melhor Documentário a distinção do júri coube a “Saudade”, de Paulo Caldas e a curta-metragem “A Gis”, de Thiago Carvalhaes foi considerada a Melhor Curta-Metragem.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica em Destaque

Membro Oficial

Membro Oficial