Ticker

6/recent/ticker-posts

Morreu Tony Scott (1944 - 2012)

O realizador Tony Scott faleceu ontem à noite, aos sessenta e oito anos de idade. O cineasta cometeu suicídio ao saltar da Ponte Vincent Thomas em San Pedro, na Califórnia. O seu corpo já foi retirado da água pelas autoridades e um bilhete de suicídio foi encontrado no seu carro, não se conhecendo ainda o seu conteúdo. A imprensa norte-americana está a avançar que o cineasta decidiu suicidar-se, porque lhe foi diagnosticado um tumor cerebral inoperável e virtualmente terminal. A carreira de Tony Scott foi pautada por uma série de sucessos comerciais como "Top Gun" (1986), "Days of Thunder" (1990), "Crimson Tide" (1995), "Enemy of the State" (1998), "Spy Game" (2001), "Man on Fire" (2004), "Domino" (2005), "Déja Vu" (2006) e "The Taking of Pelham 1 2 3" (2009). O seu último filme como realizador foi o thriller de ação "Unstoppable" (2011), com Denzel Washington, Chris Pine e Rosario Dawson no seu elenco. Ao contrário do seu irmão, Ridley Scott, Tony Scott nunca foi nomeado a um Óscar da Academia, mas recebeu várias nomeações aos Emmys pelo seu papel de produtor em séries como "The Good Wife" ou "The Pillars of the Earth". O realizador chegou mesmo a receber o Emmy de Melhor Telefilme por "The Gathering Storm" (2002). O seu perfil no IMDB revela que ele não estava a trabalhar em mais nenhum filme como realizador, muito embora estivesse cotado para realizar o thriller "Narco Sub". A sua morte já provocou uma série de reações de luto e frustração por parte de várias pessoas ligadas à sétima arte, como os realizadores Ron Howard e Duncan Jones.

Publicar um comentário

1 Comentários

  1. Fim triste e sem brilho para um realizador que tanto deu ao cinema mundial.

    ResponderEliminar