Primeiras Reações e Polémicas no Festival de Veneza

O Festival de Veneza já começou, mas está a ter um início atribulado. Numa primeira fase a organização recebeu muitas críticas por não ter incluído nenhuma longa metragem assinada por uma realizadora na sua Competição Oficial. Embora a organização tenha justificado esta opção, muitas organizações acreditam que Veneza não está a fazer de tudo ao seu alcance para garantir a igualdade de género. Já este fim de semana registou-se mais uma polémica sexista em Veneza. O realizador e produtor italiano Luciano Silighini Garagnani, conotado à direita e defensor das politicas de Donald Trump e Silvio Berlusconi, marcou presença na estreia de “Suspiria”, o remake do clássico de horror de Dario Argento. Durante a sua passagem pelo tapete vermelho, Garagnani ostentou uma t-shirt com a frase “Weisntein é Inocente”, acompanhada pela foto do próprio magnata de Hollywood, acusado por inúmeras mulheres de assédio, abuso e até violação. A organização reagiu rapidamente e afastou Garagnani da Red Carpet, mas o ato tornou-se viral e tem sido recebido por muitas críticas. O lado negativo tem também afetado os filmes, já que até agora nenhuma das grandes produções que foram lançadas no certame conseguiram convencer, nomeadamente o drama “First Man” ou o remake “Suspiria”.

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica em Destaque

Membro Oficial

Membro Oficial