Sem Trabalho ou Financiamento, Woody Allen Poderá Nunca Voltar a Realizar

Tal como já tínhamos referido, a Amazon decidiu adiar, por tempo indeterminado, a estreia do novo filme de Woody Allen intitulado “A Rainy Day in New York”. Com estreia originalmente prevista para Setembro de 2018 nos cinemas, a Amazon decidiu adiar a estreia do filme devido às consequências que os movimentos #MeToo e Time's Up, muito críticos de Allen, tiveram na imagem do cineasta. Mas a decisão da Amazon prende-se sobretudo por causa das graves acusações de Dylan Farrow, a filha de Woody Allen com Mia Farrow que o acusou de abuso sexual infantil. O que é certo é que “A Rainy Day in New York” não será lançado em 2018 e não será exibido em nenhum festival, podendo mesmo nunca vir a ser exibido, no entanto, a Amazon poderá mesmo lança-lo no seu serviço de streaming em 2019. “A Rainy Day in New York” tem Timothée Chalamet, Selena Gomez, Jude Law, Rebecca Hall e Elle Fanning no seu elenco. 
As graves acusações que pairam sobre Allen poderão obrigar o cineasta a ter que parar de trabalhar. Embora tenha contrato para fazer mais três filmes para a Amazon, esta empresa não quer nada ter a ver com Allen nos próximos tempos e o realizador não está a conseguir encontrar financiamento para outros projetos em mais nenhum lado. O que é certo é que em 2018 não teremos um filme de Allen nos cinemas e, a julgar pelos problemas que Allen enfrenta, poderemos não ver um filme dele no grande ecrã durante longos anos…

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica em Destaque

Membro Oficial

Membro Oficial