Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, outubro 18, 2018

DocLisboa 2018 Arranca Hoje!

O DocLisboa 2018 está de volta para mais uma edição repleta do Melhor Cinema Documental do Ano. O festival que começa hoje prolongar-se-á até dia 28 deste mês. Ao todo serão exibidos 240 filmes documentais que passarão nos ecrãs de alguns dos cinemas mais icónicos de Lisboa, nomeadamente no Cinema São Jorge, Cinema Ideal, Cinemateca e na Culturgest. Os bilhetes estão à venda na Culturgest, Cinema São Jorge e na Ticketline. A entrada para cada sessão custa 4,50€, apesar de haver vários descontos. 
Esta 16ª Edição contará com 68 estreias mundiais, mas também trará clássicos. Um dos pontos altos será uma retrospetiva dedicada ao realizador colombiano Luis Ospina, que estará em Lisboa de propósito para participar no festival. O DocLisboa será portanto uma oportunidade única para mergulhar no cinema de um dos realizadores sul-americanos mais conceituados.
A Edição deste ano não está isenta de polémica, já que o DocLisboa emitiu recentemente um Comunicado a acusar algumas Embaixadas Estrangeiras de terem feito pressão para serem retirados da programação alguns filmes. O festival reagiu e recusou-se a ceder a qualquer pressão diplomática e manteve a programação intacta. As pressões referiam-se a documentários que abordam temas politicamente controversos que têm dado pano para mangas no Velho Continente, nomeadamente no Leste e no Mediterrâneo. 
Entre os destaques da programação, nomeadamente ao nível das estreias, um dos maiores destaques prende-se com a estreia de "Fahrenreit 11/9”, o novo documentário de Michael Moore que explora a Era Trump na América. “Terra Franca”, o novo filme de Leonor Teles que ficou conhecida depois de vencer no Festival de Berlim o Urso de Ouro, com a sua curta-metragem “Balada de um Batráquio”, também será exibido neste festival. A natureza, a moda, a música e o cinema cruzam-se em “Westwood: Punk, Icon, Activist”, um filme de Lorna Tucker sobre a ativista e criadora de moda Vivienne Westwood.
O filme "The Waldheim Waltz", sobre Kurt Waldheim, antigo secretário-geral da ONU que escondeu o seu passado ligado ao regime nazi, abrirá esta quinta-feira o DocLisboa que também apostará muito no cinema portuguê. Ao todo serão exibidos 59 Filmes Nacionais, entre eles "Casa Encantada", de Júlio Alves, "Extinção", de Salomé Lamas, "Avenida Almirante Reis em 3 andamentos", de Renata Sancho, "A (im)permanência do gesto", de Manuel Botelho  e dois filmes de Jorge Cramez - "Antecâmara" e "Actos de Cinema".  Da restante programação, destaque também para alguns documentários internacionais de excelência, como "O plano", de Steve Sprung e "The silence of others", um olhar de Almudena Carracedo e Robert Bahar sobre vítimas do franquismo em Espanha.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas