Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

domingo, junho 02, 2019

Vencedores do M Film Festival 2019


O M Film Festival foi um festival internacional de cinema em Matosinhos para filmes de 1 minuto que se realizou no dia 31 de maio, sexta-feira, às 21h30 no Orfeão de Matosinhos e integrou o programa das Festas do Senhor de Matosinhos. A organização foi do Orfeão de Matosinhos, com o apoio da ANCIMA, Câmara Municipal de Matosinhos e União de Freguesias Matosinhos – Leça da Palmeira.
Esta primeira edição foi um grande sucesso quer pela adesão do público e quer pelo número de inscrições, que foram 570 de 70 países. Destas inscrições foram selecionados 63 filmes de 38 países sendo que houve 14 estreias mundiais, 10 estreias europeias e 29 estreias em Portugal. Nestes números também contam os filmes que já estejam disponíveis na Internet e nunca foram projetados mundialmente ou na Europa ou em Portugal.
Os filmes de 1 minuto não são trailers e podem ser mais difíceis do que produzir uma curta-metragem. Trata-se de um conceito de filme muito interessante já com vários festivais internacionais dedicados em exclusivo ou com categorias próprias para este tipo de filme e, em Portugal, começa a ganhar o seu espaço. Ainda não há uma definição oficial para este tipo de filme mas podemos considerar que é uma nano-metragem se definirmos a micro-metragem como filmes de duração entre 1 e 5 minutos e a curta-metragem a partir de 5 minutos.

O júri decidiu que os premiados são:
- Melhor filme – Prémio Prof. Cunha e Silva // Best film – Prof. Cunha e Silva Award
Um // One - Roman Sinitsyn (Rússia)
- Melhor filme português // Best portuguese film
Pedras no Caminho // Stones on the Path - Diogo Pessoa Andrade (Portugal)
- Melhor ficção // Best fiction
O Leo nunca desiste // Leo never gives up - Balint Klopfstein-Laszlo (Hungria)  
- Melhor animação // Best animation
Ursinho de Peluche // Teddy Bear - Hermes Mangialardo (Itália)
- Melhor filme experimental // Best experimental film 
Filme em loop 31: Shisendo // Film loop 31: Shisendo - Michael Lyons (Japão)
- Melhor realizador // Best director
Simón Franco (Paraguai) por Sequelas // Aftermatch
- Melhor jovem realizador // Best young director
Ashesh Luitel (Nepal) por Erro de ligação // Connection error
- Melhor argumento // Best screenplay
Regresso a casa // Homecoming
Arkus (Emirados Árabes Unidos)
- Melhor ator // Best actor
Christian Deckerbach (Argentina) por Um dia normal // A normal day
- Melhor atriz // Best actress
Leah Doz (Canadá) por Morder e sorrir // Bite and smile

O júri foiconstituído por:
- Rui Jorge Oliveira: Ator e membro da direção do Orfeão de Matosinhos;
- João Antunes: Funcionário da Cinemateca Nacional, colaborador do Jornal de Notícias e foi elemento do Júri da Crítica em festivais como Cannes, Berlim ou Guadalajara;
- Dawn Westlake: Realizadora, presidente da Ron de Cana Prods, Inc. in Los Angeles e participou como júri em vários festivais em Itália, França e EUA;
- Azedin El Ouafi: Diretor do Cap Spartel Film Festival (Tânger, Marrocos) e foi elemento de Júris em festivais de cinema em Marrocos, Emirados Árabes Unidos e na Holanda.
- António Venda Lopes: Técnico da Câmara Municipal de Matosinhos (Arquivo Fotográfico) e participou em várias publicações.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas