Full width Top advertisement

As Nossas Críticas

Notícias

Post Page Advertisement [Top]

Descubra Mais Sobre Família de Axé, Um Documentário da Lendária Tetê Moraes

Descubra Mais Sobre Família de Axé, Um Documentário da Lendária Tetê Moraes

Depois de participar dos Festivais do Rio e de Brasília em 2019, estreia nos cinemas, dia 9 de abril, o longa “Família de Axé”, dirigido pela cineasta Tetê Moraes. A produção é da VEMVER Brasil, coprodução com Canal Brasil, e distribuição da RioFilme e Bretz Filmes. O trailer do longa está disponível no YouTube e pode ser visto no final do post! Já o cartaz do filme, que pode ser visto em cima, é assinado por Fernando Pimenta, um dos mais importantes artistas brasileiros do gênero.  
 Filmado em Salvador, Bahia, e finalizado no Rio de Janeiro, o documentário conta a história de Alberto Ribeiro Santana, Pai de Santo baiano, e de sua família afro descendente de sangue e de axé (Filhos e Filhas de Santo). Através das festas e dos rituais do terreiro de Alberto e da relação com a comunidade, o filme faz uma viagem no tempo revelando a luta da família para manter viva a cultura de seus ancestrais africanos e sua religião, o candomblé.  Renomada diretora de documentários, como “Terra para Rose” (1987) e “Sonho de Rose, dez anos depois” (2000) - ambos sobre o movimento sem-terra - Tetê Moraes, foi pela primeira vez no terreiro de Alberto Ribeiro Santana, em 1985, por conta de uma reportagem que fazia para a BBC. A relação acabou em uma profunda amizade. A câmera revela a aproximação, permitindo ao espectador vivenciar a rotina da família e do terreiro, sempre respeitando os limites por eles estabelecidos de sua privacidade nos rituais do candomblé. A diretora coloca-se como participante e fio condutor do filme, aproximando o espectador dos personagens e de sua história, dando ao documentário o sabor de “um filme de família”. “Depois de fazer documentários sobre João Donato, quis fazer um filme com pessoas simples e desconhecidas. Escolhi a história de Alberto, que conheço há mais de 30 anos, e de sua família afro brasileira de candomblé. É uma história cheia de coragem, fé, alegria e superação de dificuldades, preconceitos e discriminações, afirmação de uma raça e identidade cultural. “Família de Axé” torna-se um filme muito oportuno no momento atual brasileiro quando são questionadas conquistas democráticas como a diversidade de raça, orientação sexual e religiosa”, conta a diretora.

Sinopse: É um documentário sobre amizade, afetos e fé. Conta a história de Alberto Ribeiro Santana, Pai de Santo baiano e de sua família afro brasileira de sangue e de axé (Filhos e Filhas de Santo), através de festas, rituais, culinária, música, dança, cotidiano e relação com a comunidade, fazendo uma viagem no tempo que revela a luta para manter viva a cultura de seus ancestrais africanos e sua religião, o candomblé. Uma história de superação de obstáculos, resgate de dignidade de uma raça e de uma cultura.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bottom Ad [Post Page]