Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Festival MONSTRA Prepara a a MONSTRA em Casa

Festival MONSTRA Prepara a a MONSTRA em Casa
Daughter, Vencedor do Óscar Estudantil

Depois do adiamento do MONSTRA, o Festival de Animação de Lisboa prepara-se para apresentar de 25 a 31 de maio a MONSTRA EM CASA, uma edição online do Festival que em 2020 celebra 20 anos de existência, com exibição de curtas-metragens em competição através da plataforma Kinow. Nesta edição online vão ser exibidas 12 sessões, num total de 169 filmes das competições de Curtas, Curtíssimas (filmes até 2 minutos), Estudantes e a competição Portuguesa. 
Segundo Fernando Galrito, diretor artístico do festival, "MONSTRA  EM CASA é uma partilha, um encontro, um festival de cinema de animação que decorre na casa de todos. É uma outra forma de comemorarmos os nossos 20 anos e de levarmos a todos os mais recentes e os melhores filmes de animação do Mundo." Esta é a primeira parte de um festival que a MONSTRA pretende que possa decorrer nas salas de cinema no final de setembro, onde, para além de todas as retrospectivas apresentará também a competição de longas-metragens.
Mas o que se pode ver nesta MONSTRA Online? Um dos destaques são as obras naCompetição Portuguesa SPA Vasco Granja. Esta competição é composta por 13 curtas-metragens, que são uma seleção dos melhores filmes profissionais e de estudantes de autores portugueses realizados no último ano e meio, nomeadamente: TIO TOMÁS - A CONTABILIDADE DOS DIAS da realizadora Regina Pessoa (filme que teve a sua estreia mundial no Monstra 2019, fez parte da shortlist das curtas de animação para os Óscares e ganhou recentemente um Annie Award na categoria "Best Short Subject", prémio que se veio juntar a outros tantos recebidos por todo o mundo); O RAPAZ ROXO de Alexandre Siqueira (nomeado para um Annie Award, premiado em festivais de todo mundo, como o Grande Prémio do ANIMA Bruxelas); A MÃE DE SANGUE de Vier Nev; O PECULIAR CRIME DO ESTRANHO SR. JACINTO de Bruno Caetano; ASSIM MAS SEM SER ASSIM de Pedro Brito; MARÉ de Joana Rosa Bragança; NESTOR de João Gonzalez (filme feito no Royal College of Art do Reino Unido que conta já com muitas seleções e prémios em festivais nacionais e internacionais, incluindo o Cinanima e o Prémio Sophia Estudante); TO YOU ON THE EVE OF ISOLATION de Óscar Ferreira; ODE À INFÂNCIA da dupla João Monteiro e Luís Vital; ØDELAGT de Eduarda Duarte; CATARSE de Margarida Roxo Neves e Tiago Gomes; HALF LOVE  de Inês A. Rodrigues; e CRUELTY FREE, realizado por Tiago Xavier e Cristiane Reis.   
Também poderá ver os filmes da competição de curtas-metragens, onde se destaca SONHOS ILUSTRADOS de Koji Yamamura (Japão) um dos grandes autores do cinema de animação mundial que já recebeu dezenas de prémios em festivais de todo o mundo e foi nomeado para os Óscares em 2003 com o filme "Mt. Head"; MEMORABLE de Bruno Collet (França), filme que já arrecadou cerca de 30 prémios e foi nomeado para os Óscares e César; MUEDRA de Cesar Diaz Melendez (Espanha), realizador que trabalhou em várias longas de Tim Burton, e cujo filme esteve nomeado para os prémios Goya; LAST SUPPER de Piotr Dumala (Polónia), autor com longo percurso na animação com vários filmes premiados em festivais de todo o mundo.
Haverá também lugar para a Competição de Estudantes, onde há a destacar o filme DAUGHTER, da realizadora Daria Kashcheeva, que estuda realização na FAMU (Republica Checa), filme que foi premiado em festivais de todo o mundo, tendo recebido o Cristal para Melhor Filme de Estudante em Annecy e o Prémio de Estudante nos Óscares da Academia; GRAVEDAD de Matisse Gonzalez e Toufik Abdedaim, estudantes na Filmakademie Baden-Württemberg GmbH Animationsinstitut (Alemanha), nomeado para os Annie Awards, ANIMALS de Tue Sanggaard da escola The Animation Workshop - (Dinamarca) e que recebeu o Prémio de Melhor filme de estudantes no Festival de Estugar; ou MEN IN A HURRY de Thibault Llonch da escola La Poudriere (França), selecionado para o festival Clermond Ferrand.
Vão ainda realizar-se seis masterclasses com grandes mestres da animação mundial: o realizador alemão Raimund Krumme vai discursar sobre "O desenho e o espaço no cinema de animação"; Christophe Herald, compositor francês cujas bandas sonoras já foram várias vezes premiadas, vai falar do seu trabalho no último filme de Jean François Laguionie, “Le Voyage du Prince”, uma longa-metragem que está em competição na MONSTRA a apresentar em Setembro; Arnaldo Galvão (Brasil) vai falar sobre os 100 anos da animação brasileira; Eduard Puertas Anfruns (Espanha) vai explicar que dar uma masterclasse intitulada "O stop motion fácil"; Burak Sahin (Turquia) apresenta "A animação como uma forma de pensar e educar"; por último o norte-americano Ed Hooks vai falar sobre o acting na animação.
Paralelamente, nos dias 30 e 31 de maio, entre as 8h e as 13h, a MONSTRA vai programar na RTP2 filmes para os mais novos. Ao todo são 10 horas de animação com filmes MONSTRINHA Pais e Filhos que iriam ser exibidos nesta edição do festival e outros de edições anteriores. Muitas são as secções e retrospectivas que ficam por exibir neste MONSTRA EM CASA e por isso, o festival vai ainda programar sessões no Cinema São Jorge em setembro. Mais pormenores serão anunciados futuramente.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]