Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

4 Curtas de Gabriel Abrantes Ganham Nova Vida em Outubro

4 Curtas de Gabriel Abrantes Ganham Nova Vida em Outubro
4 Curtas de Gabriel Abrantes Ganham Nova Vida em Outubro


No dia 29 de outubro estreia nos cinemas portugueses a sessão "Quatro Contos", um programa composto por quatro curtas-metragens de Gabriel Abrantes: Freud Und Friends (2015), Uma Breve História de Princesa X (2016), Os Humores Artificiais (2016) e As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra (2018). 

Através destas curtas, que tiveram estreia mundial em festivais como a Quinzena dos Realizadores em Cannes, Berlinale, Festival de Cinema de Locarno, Festival de Toronto e que juntas somaram mais de vinte cinco prémios, é possível desvendar o universo cinematográfico de Gabriel Abrantes, que já realizou 19 obras, entre elas Diamantino, a sua primeira longa-metragem que em 2017 recebeu o Grande Prémio da Semana da Crítica do Festival de Cannes.

Com o programa Quatro Contos, podemos entrar no universo do realizador, frequentemente habitado por robôs, cientistas, personagens naïfs e dilemas românticos, onde as referências ao mundo da arte, do cinema ou da televisão se cruzam com ambientes futuristas ou distópicos, numa linguagem que mistura o non-sense com a comédia. Esta sessão está organizada cronologicamente e dividida em quatro capítulos que sublinham os lugares que servem como pano de fundo dos filmes: Lisboa, Paris, Nova Iorque, aldeia Yawalapiti no Brasil e São Paulo.


Freud Und Friends (2015)

Com a ajuda dos mais consagrados neurocientistas, “Herner Werzog” viaja ao interior do cérebro de artistas e cineastas de todo o mundo e documenta os seus sonhos. Em Lisboa, o jovem realizador Gabriel Abrantes será a vítima desta experiência.

Titulo original: Freud und Friends 

Realizador: Gabriel Abrantes 

Guião: Gabriel Abrantes, David Phelps 

Género: Ficção 

Ano: 2015 

Pais: Portugal 

Língua: Inglês, Português

Duração: 20’ 

Formato Original: Super 16mm 

Diretor de Fotografia: Jorge Quintela 

Som: Rafael Cardoso 

Montagem: Margarida Lucas 

Musica Norberto Lobo 

Produção: Gabriel Abrantes 

Coprodução: Indie Lisboa


Uma Breve História de Princesa X (2016)

Um retrato delirante da escultura Princess X de Constantin Brancusi, uma controversa escultura em bronze, que começou como um busto da igualmente controversa sobrinha bisneta do Napoleão, a Marie Bonaparte.  

Título original: A Brief History of Princess X 

Realizador: Gabriel Abrantes 

Produtor: Gabriel Abrantes, Artificial Humors, Benjamin Cook, LUX / ICO Justin Taurand, Les Films du Bélier 

Argumento: Gabriel Abrantes 

Fotografia: Jorge Quintela 

Montagem: Margarida Lucas 

Som: Carlos Abreu 

Actores principais: Francisco Cipriano, Joana Barrios, Filipe Vargas 

Língua original: Inglês 

Legendas: Espanhol, Francês, Italiano, Português


Os Humores Artificiais (2016) 

Os Humores Artificiais segue o robô Andy Coughman na sua odisseia à procura do humor e do amor. Foi rodado no Mato Grosso (Canarana e nas aldeias Yawalapiti e Kamayura dentro do Parque Indígena do Xingu) e em São Paulo.

Título Original: Os Humores Artificias

Realizador: Gabriel Abrantes 

Guião: Gabriel Abrantes

Género: Ficção 

Ano: 2016; 

Pais: PORTUGAL; 

Duração: 30’

Formato Original: Super 16mm 

Com: Margarida Lucas, Gilda Nomacce, Ivo Müller, AMANDA RODARTE 

Diretor de Fotografia: JORGE QUINTELA 

Direção de arte: Dayse Barreto, Tatiane Takahashi, Diogo Hayashi

VISUAL FX: IRMALUCIA 

Montagem: Margarida Lucas

Financiado com o apoio da FUNDAÇÃO SERRALVES, BIENAL DE SÃO PAULO, COLECCIÓN INELCOM, & ICA - INSTITUTO DO CINEMA E AUDIOVISUAL

Produtor: GABRIEL ABRANTES 

Produção: Artificial Humors


As Extraordinárias Desventuras da Menina de Pedra (2018)

Cansada de ser um ornamento arquitetónico banal, uma escultura foge do Louvre para se confrontar com a vida real das ruas de Paris.   

 Título original: Les Extraordinaires Mesaventures de la Jeune Fille de Pierre

Realizador: Gabriel Abrantes 

Duração: 20 minutes 

Género: Animação

Com: Liza Lapert, Virgil Vernier, Vimala Pons, Alexis Manenti, Annie Mercier, Caroline Deruas 

Produzido por: Les Films du Bélier (FR), Artificial Humors (PT) 

Produtores: Justin Taurand, Gabriel Abrantes 

Direção de Fotografia: Kanamé Onoyama 

VFX / Animação: Irma Lucia (José André, Carlos Almeida) 

Som: Philippe Deschamps, Jules Jasko, Matthieu Deniau 

Direção de Arte: Victor Melchy 

Montagem: Margarida Lucas 

Música: Gabriel Abrantes 

Financiado com o apoio do ICA - INSTITUTO DO CINEMA E DO AUDIOVISUAL, FRANCE TÉLÉVISIONS, CENTRE NATIONAL DU CINÉMA ET DE L’IMAGE ANIMÉE, LA VILLE DE PARIS, EN PARTENARIAT AVEC LE CNC

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]