Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares Começa a 19 de Outubro

TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares  Começa a 19 de Outubro


A 3.ª edição do festival TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares decorre de 19 a 25 de outubro e propõe revelar as ligações (históricas e quotidianas) e a circulação possível entre Marvila e Alvalade que, apesar de serem territórios contíguos, estão, em parte, desenhados para estarem de costas um para o outro. Promovida pelo Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca, a TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares  pretende dar a conhecer alguns dos filmes amadores, caseiros, privados, feitos na cidade de Lisboa ou pelos seus habitantes.

O percurso que a TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares vai desenhar entre Marvila e Alvalade terá o seu centro em Marvila. É construído por oposições – porque não existem filmes de família provenientes de Marvila (mas existem muitos em Alvalade); pelo mapear dos percursos dos moradores de Marvila por Alvalade (das pessoas que saíram dos bairros de construção informal em Alvalade para ocuparem casas ou serem realojadas nos bairros de Marvila, ou os percursos quotidianos, para a Igreja ou o Mercado); e pela procura da paisagem de Marvila em Alvalade.

A programação da 3.ª edição da TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares é apresentada através de um percurso digital, atualizado em cada um dos dias da mostra (www.traca-arquivo.com), que mapeia percursos físicos em Marvila e Alvalade e problematiza também noções de deslocação, construção, autoconstrução, ocupação e memória. Este caminho digital, que identifica locais no terreno e os assinala através de coordenadas GPS, convida também a um percurso físico, que pode ser realizado em qualquer altura pelos espectadores do certame.

A presença habitual dos moradores nos locais que recebem a mostra, os filmes projetados e comentados são recriados através da partilha de notas de trabalho da equipa, de áudios e transcrições das conversas que aconteceram em Marvila e Alvalade na fase de preparação da mostra, e também de imagens atuais e passadas desses locais - para além, claro, da emissão dos filmes de família do Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca que seriam projetados ou comentados.


Sobre a TRAÇA - A TRAÇA é um projeto de recolha, estudo e exposição de filmes de família promovido pelo Arquivo Municipal de Lisboa - Videoteca. Existe desde 2015 enquanto Mostra de Filmes de Arquivos Familiares e assenta sobre dois pilares fundamentais: o território, tratado a partir da história da sua habitação, e o arquivo, cujos limites procura expandir. No que diz respeito ao trabalho com o território, a TRAÇA envolve-se de modo muito intenso com as comunidades dos Bairros que recebem cada edição da Mostra, trabalhando de forma específica para a recolha e exposição das suas memórias e das suas imagens (mesmo que não sejam em formato fílmico), e promovendo o encontro geracional dentro dessas comunidades.

Em relação ao arquivo, a TRAÇA procura expandir os seus limites de duas formas: através da recolha, em permanência, de filmes de família que, pelo seu carácter privado, não têm um lugar estabilizado na história do cinema e têm sido descartados pelos arquivos fílmicos (e estão a perder-se); e abrindo o arquivo a criadores que, vindos de áreas artísticas sempre distintas, são convidados a criar novos objetos a partir dos filmes de família recolhidos. De ambas as formas a TRAÇA procura abrir o arquivo e pô-lo em movimento, em trabalho, devolvendo-o ao território da cidade. Mais informação em Arquivo Municipal de Lisboa, pelo mail da Comunicação: arquivomunicipal@cm-lisboa.pt.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]