Ticker

6/recent/ticker-posts

Pérolas Indie - Frances Ha (2013)

Realizado por Noah Baumbach 
Com Charlotte d'Amboise, Greta Gerwig, Michael Esper
Género - Comédia

Sinopse - Frances vive em Nova Iorque, mas não tem bem uma casa. Frances está numa companhia de dança mas, não é bem uma bailarina. Frances tem uma melhor amiga chamada Sophie, mas elas já não falam bem uma com a outra. Frances atira-se de cabeça para os seus sonhos, mesmo quando a realidade se desvanece. Frances quer muito mais do que o que tem, mas vive a vida com uma alegria e ligeireza inexplicáveis. 

Crítica – É uma experiência fantástica assistir a “Frances Ha”, um projeto extremoso e nada pretensioso do realizador Noah Baumbach e da atriz Greta Gerwig, que escreveram em conjunto esta bela dramédia que se desmarca não só pelo seu livre e intimo estilo cómico e dramático, mas também pela forma quase mágica como aproveita a sua sublime banda sonora vintage para reforçar o retrato muito humano e descontraído da vida da personagem central, que se revela um agradável achado que nada tem a ver com as personagens estereotipadas e cheias de preconceitos morais que normalmente encontramos em produções americanas, mesmo até nas mais independentes. Esta adorável personagem, que também é refrescantemente genuína, é responsável por muitos diálogos agradáveis e persuasivos que reforçam a vertente intelectual e social deste projeto, que nunca se desvia muito do seu grande objetivo, que passa por contar uma história com relativo significado humano que, por muito que se foque nos dilemas e dificuldades da jovialidade da sonhadora personagem central, não parece ter um aparente foco geracional, já que o núcleo das suas mensagens pode ser aplicada a qualquer um em qualquer situação, sendo que a mensagem principal tem uma força particular, porque nos diz basicamente para viver a vida sempre com muitos sonhos e exultação à mistura. Tenho portanto que dar os parabéns ao casal Baumback e Gerwig, que souberam transpor a sua química natural e a sua empática romântica para o grande ecrã através deste belo projeto a preto e branco, que deixou muita gente com água na boca após a sua breve mas destacada passagem pelo IndieLisboa 2013, onde os portugueses puderam descobrir pela primeira vez a deliciosa ligeireza deste gracioso e altamente empolgante "Frances Ha".

Classificação - 4,5 Estrelas em 5

Publicar um comentário

1 Comentários

  1. Elogiar o filme é chover no molhado, mas acho que ele é especialmente bom para quem tem identificação com a personagem. Tem uma crítica sobre isso em
    www.artigosdecinema.blogspot.com/2013/11/frances-ha.html

    ResponderEliminar