Pérolas Indie - Welcome To The Rileys (2010)

Realizado por Jake Scott 
Com James Gandolfini, Kristen Stewart, Melissa Leo 
Género - Drama

Sinopse - Durante uma viagem de trabalho a Nova Orleães, Doug (James Gandolfini) conhece Mallory (Kristen Stewart), uma jovem fugitiva, impulsiva e revoltada, que vive uma vida pouco recomendável como stripper. Motivado por sentimentos que ele próprio não compreende, Doug decide abandonar a sua antiga vida para salvar a desta jovem, mas esta situação complica-se com a presença da esposa de Doug, Lois (Melissa Leo), que após se libertar dos medos que a prenderam em casa durante anos, junta-se a eles. Estas três vidas perdidas acabam por encontrar, umas nas outras, a esperança e a redenção que procuram, acabando por descobrir um inesperado elo de união que os une como se fossem uma família. 

Crítica – A estreia nacional de “Welcome to the Rileys” peca por tardia, mas ainda assim é bem recebida porque, apesar de não ser um grande filme dramático com um argumento brilhante, consegue abordar, com algum tato, os altos e baixos de uma patente disfunção familiar que afeta um casal de meia-idade, que, para tentarem superar a morte da sua filha, começam a ajudar uma jovem triste e disfuncional a ultrapassar os seus problemas. A relação de Doug e Lois com Mallory ajuda-os a recuperar o sentimento de união familiar que ambos perderam com a morte da filha, mas também os ajuda a recuperar a chama do seu casamento, que quase foi extinta pelos fortes sentimentos de mágoa e culpa que foram desencadeados pelo trágico fim da sua família a três. Esta relação tripartida é então bastante terapêutica para o casal, mas também para a jovem que, apesar de continuar a ser problemática até final, parece retirar vários elementos positivos da sua relação com o experiente casal que, à sua maneira, acabou por criar um laço de amizade muito especial com a jovem. Os diálogos entre estas três personagens são bastante interessantes e conferem ao filme um certo grau de intimidade e melodrama, já que oscilam entre o constrangimento, o humor e a franqueza. Estas conversas fazem sobressair as principais características destas três personagens, que têm por detrás três agradáveis performances de James Gandolfini, Kristen Stewart e Melissa Leo, que ajudaram a elevar, consideravelmente, o nível deste filme. O veterano Gandolfini tem mesmo um excelente papel dramático nesta obra que, como já disse, está longe de ser um exemplo de qualidade, mas é, ainda assim, um bom drama com características familiares e emocionais. 

 Classificação – 3 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana

Membro Oficial

Membro Oficial