Full width Top advertisement

As Nossas Críticas

Notícias

Post Page Advertisement [Top]

Biografia - Orson Welles

Biografia - Orson Welles
George Orson Welles nasceu a 6 de Maio de 1915 no Wisconsin, EUA e morreu de ataque cardíaco aos 70 anos a 10 de Outubro de 1985 na Califórnia, EUA. Welles é considerado por muitos como um dos maiores cineastas americanos de sempre, no seu longo currículo cinematográfico constam obras como “Citizen Kane”, “Casino Royale” ou “Othelo”. Realizou um total de 27 filmes entre os 113 que compõem a sua obra de vida, também composta por filmes onde participou como actor, guionista ou produtor. George Orson Welles conseguiu inspirar um grande número de admiradores a se tornar Realizadores de Cinema, marcando uma inteira geração de cineasta e fãs de cinema. Orson Welles ficou órfão muito cedo, a sua mãe morreu quando ele tinha apenas 9 anos e o seu pai faleceu uns anos mais tarde quando Welles tinha 15 anos. Quando o seu pai morreu decidiu abandonar a escola de artes que frequentava para se dedicar à representação. Aos 18 anos, Welles já era um famoso actor no teatro experimental. Com 19 anos fez sua estreia na Broadway na montagem de ''Romeu e Julieta''. Tornou-se amigo próximo do director e produtor John Houseman, para quem fez algumas colaborações. Da longa parceira de Welles com Houseman nasceu a companhia Mercury Theatre criada em 1937, uma companhia de teatro que originou vários projectos, destacando-se ''Julio Cesar'', de 1937, em que Welles escreveu o argumento e ambientou a história na Itália fascista.
No dia de Halloween de 1938, a CBS transmitiu a notícia de que marcianos tinham chegado à Terra e vinham com a intenção de nos invadir, estando naquele preciso momento a atacar a cidade de New Jersey. Milhares de pessoas entraram em pânico e começaram a fugir das suas casas ao ouvir os boletins, narrados por Orson Welles. Contudo, tudo aquilo não passava de uma brincadeira, era somente uma leitura dramatizada do texto de “War of the Worlds, um clássico da ficção científica de H.G. Wells. A repercussão do evento foi tão grande que, logo a seguir, Orson Welles celebrou um contrato milionário com Hollywood para realizar dois filmes, com total liberdade para produzir, escrever os argumentos e actuar. “Citizen Kane'', de 1941, foi o primeiro filme desse celebre e famoso contrato. Uma obra de enorme qualidade que ainda hoje é considerada como um dos melhores filmes do século XX. Aos 25 anos, Orson Welles revolucionou as técnicas de filmagem com recursos até então inexploradas como profundidade de campo, acção entrecortada num mesmo ambiente, planos longos, movimentos de câmara e edição rápida. O resultado foi uma obra-prima, considerada unanimemente pelos especialistas como sendo um dos melhores filmes de todos os tempos, senão o melhor.Porém, com o sucesso, vieram os problemas. O realizador foi acusado de basear-se na vida de William Randolph Hearst, um dos mais poderosos homens da época e que durante 40 anos foi o maior magnata das comunicações nos Estados Unidos. O próprio Hearst encabeçou a campanha contra Welles e o seu filme. “Citizen Kane” acabou por ficar bastante aquém do esperado nas bilheteiras apesar da aceitação geral da crítica.
No seu segundo filme, '''The Magnificent Ambersons” (1942), Welles decidiu expor a sua visão da sociedade americana. Utilizou praticamente os mesmos recursos técnicos que havia utilizado em “Citizen Kane''. No entanto, o filme acabou por ser um fracasso comercial, o que assim sendo significava que tanto “Citizen Kane” como '''The Magnificent Ambersons” não tinham gerado nenhum lucro o que levou á demissão de Welles e da sua equipa. No entanto, o reconhecimento da genialidade de Welles, aconteceu após o seu despedimento, “Citizen Kane” foi um dos mais nomeados para os Óscares, tendo conquistado a estatueta de Melhor Argumento. O filme acabaria por obter uma margem de lucro considerável graças as suas reedições ao longo dos tempos. Também'''The Magnificent Ambersons” acabaria por ser nomeado para os Óscares, no entanto não venceu nenhum prémio. Em 1970, a academia distinguiu Welles com o Óscar honorário pelo conjunto da sua filmografia como actor e realizador. Em 1952, venceu a prestigiada Palma de Ouro de Cannes com o filme “Othelo” . Como actor venceu um Globo de Ouro e um BAFTA pela sua prestação em “Butterfly” (1981) e “Chimes at Midnight” (1965), respectivamente.
Durante a sua carreira, Welles envolveu-se em diversos projectos e fez de tudo para conseguir produzir os seus filmes, o que nem sempre era possível. Muitos dos seus projectos permaneceram inacabados, como ''It's All True'', e ''Don Quixote'', filme em que Welles trabalhou durante dez anos e que chegou a ser exibido em Cannes em 1986.Welles dedicou a sua vida ao mundo do espectáculo, sacrificando muito do seu tempo e a sua vida pessoa para conseguir escrever uma página na história do cinema.
.
Filmografia - Realizador
Hearts of Age (1934)
Too Much Johnson (1938)
Citizen Kane (1941)
Tanks (1942)
The Magnificent Ambersons (1942)
The Stranger (1946)
The Lady from Shanghai (1947)
Macbeth (1948)
Othello (1952)
Mr. Arkadin (1955)
Touch of Evil (1958)
The Trial (1962)
Chimes at Midnight (1965)
The Immortal Story (1968)
F for Fake ((1974)
The Orson Welles Show (1979)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Bottom Ad [Post Page]