Ticker

6/recent/ticker-posts

Crítica - The Hangover (2009)


Realizado por Todd Phillips
Com Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis

À primeira vista, “The Hangover” assemelha-se à grande maioria das comédias norte-americanas que chegam semanalmente às nossas salas de cinema, ou seja, um produto cinematográfico nitidamente comercial que não aposta num humor de qualidade. No entanto, todas essas suposições e presunções iniciais são afastadas após o visionamento desta refrescante comédia que verdadeiramente contempla a essência humorística deste aclamado género.


O argumento contempla uma história bastante simples que é substancialmente composta por várias situações maioritariamente cómicas que oferecem ao espectador uma boa dose de diversão e boa disposição. Essa história centra-se na despedida de solteiro de Doug Billings que, juntamente com os seus três melhores amigos, ruma a Las Vegas para desfrutar das múltiplas loucuras que essa cidade tem para oferecer aos seus visitantes. Após uma noite louca, durante a qual tudo parece ter acontecido, o grupo acorda na manhã seguinte sem qualquer recordação mas com a vida virada do avesso, já que encontram um tigre na casa de banho e um bebé de seis meses dentro do guarda-roupa do seu quarto de hotel. Para tornar tudo ainda mais bizarro, Doug desapareceu deixando os amigos desesperados. Agora os três têm de tentar perceber o que se passou, encontrar o amigo, devolver o tigre e encontrar a família do bebé. E depois de tudo isto, voltarem para Los Angeles a tempo do casamento, antes que alguém dê por falta do noivo. É claro que dentro desta caótica e divertida trama, existem várias cenas de grande humor que têm potencial para fornecer grandes momentos de diversão aos espectadores. Entre os exemplos mais crassos está a pequena participação de Mike Tyson e praticamente todos os momentos que são protagonizados por Zach Galifianakis, que é definitivamente o Rei deste filme. É claro que a grande maioria dessas situações humorísticas apresenta um grande nível de irrealismo, mas esse aspecto não prejudica o resultado final, porque são raras as pessoas que esperam credibilidade de uma comédia.


O seu elenco é largamente dominado pelos três protagonistas (Bradley Cooper, Ed Helms, Zach Galifianakis) que nos oferecem um verdadeiro show de comédia e boa disposição. As pequenas participações de Mike Tyson e Heather Graham também merecem algum apreço pela forma como contribuem para o resultado final da produção. No final de contas, “The Hangover” é uma agradável surpresa que, juntamente com “I Love You, Man”, integra uma pequena onda de comédias ligeiramente inovadoras e verdadeiramente interessantes que atribuem ao género um novo fulgor.

Classificação - 4 Estrelas Em 5

Publicar um comentário

0 Comentários