Crítica - Uma Aventura na Casa Assombrada (2009)

Realizado por Carlos Coelho da Silva
Com Sara Salgado, Francisco Areosa, Margarida Martinho

O sucesso comercial da colectânea literária “Uma Aventura” de Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada inspirou a criação de uma série televisiva baseada nas principais aventuras dessa colectânea, no entanto, esse produto televisivo não conseguiu obter grandes resultados comerciais ou qualitativos, logo, é claramente incompreensível o aparecimento de uma adaptação cinematográfica de “Uma Aventura na Casa Assombrada”, mais inexplicável ainda é o surpreendente sucesso comercial que tem obtido nas bilheteiras portuguesas porque verdade seja dita, estamos perante uma longa-metragem bastante medíocre. O "Espírito do Mundo", um diamante vermelho com poderes sobrenaturais, roubado cinco séculos antes das mãos do último Imperador Azteca, é o centro desta desinteressante aventura numa casa amaldiçoada nos confins da Serra de Sintra. A herdeira da casa, Filipa, suscita a ajuda dos nossos heróis em busca da pedra preciosa, mas há inúmeros obstáculos a ultrapassar. Enfrentando fantasmas de guerreiros índios, estátuas que ganham vida, morcegos, alçapões, passagens secretas e um temível assassino alemão em busca de vingança, os nossos heróis terão de reunir todas as suas forças e perspicácia para chegar ao mítico diamante antes que seja tarde demais.
O desenvolvimento narrativo desta irrealista aventura é protagonizado por algumas personagens inconsistentes que rapidamente desvendam um mistério descomplexo e enfadonho que rapidamente se esvanece da memória do espectador. A direcção de Carlos Coelho da Silva é simplesmente desastrosa, não merecendo minimamente o estatuto de realização profissional porque não nos consegue apresentar nenhum pormenor criativo de qualidade, muito pelo contrário, somos constantemente confrontados com múltiplos problemas de edição que saltam à vista de qualquer um. O elenco é igualmente medíocre. “Uma Aventura na Casa Assombrada” é uma péssima e uma incompreensível produção cinematográfica portuguesa que infelizmente tem obtido algum sucesso comercial que claramente não merece.

Classificação - 1 Estrela Em 5

Enviar um comentário

4 Comentários

  1. Este filme foi feito para os (muitos) fãs da série literária. E para uma produção nacional com um orçamento limitado acho que o resultado é positivo. Ao ver o filme a minha mente estava constantemente a regressar à infância quando vivia diariamente as muitas aventuras destas personagens.
    Comparando este filme com a produção de hollywood Dragon Ball (outro dos meus heróis de infância) acho que gostei mais deste Uma Aventura.
    3/5

    PS: JT quantos Uma Aventura é que leste? [Eu, obviamente, li todos]

    ResponderEliminar
  2. Ainda não vi o filme, por razões logísticas, mas com certeza vou ver, nem que seja em DVD, porque continuo fã da série de livros. Não gostei muito das várias séries de TV, e estava esperançoso que no cinema a saga tivesse direito a uma adaptação decente. Infelizmente, os problemas que o TJ relatou já se anteviam nos trailers... mas de qualquer modo, vou ver :-) depois conto o que achei!

    ResponderEliminar
  3. Li alguns livros de "Uma Aventura" e vi alguns episódios da série que passou na SIC, no entanto, nunca li a inspiração deste filme. A comparação entre "Dragon Ball" e "Uma Aventura" é infeliz em praticamente todos aspectos, devemos comparar este filme a outros filmes portugueses que curiosamente tiveram metade do orçamento e recentemente foram considerados grandes obras do ano, olhai por exemplo o último grande trabalho de Manoel de Oliveira. O orçamento não é desculpa porque existem curtas-metragens que custaram 10 euros e que são muito mais "limpas" que este pseudo trabalho profissional que evergonha qualque amante da sétima arte nacional. A série televisiva era fraca mas pelo menos era melhor que este filme que tenta contar uma história de 30 minutos em mais de uma hora. Os fãs da série estão a gastar o dinheiro num trabalho que daqui a dois meses está na SIC Kids às 10 ou 9 da manha porque nem essa estação irá passar este filme em horário nobre num canal secundário e exclusivo de uma operadora de TvCabo.

    ResponderEliminar