Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - Taken 2 (2012)

Crítica - Taken 2 (2012)
Realizado por Olivier Megaton
Com Liam Neeson, Maggie Grace, Famke Janssen, Luke Grimes

À semelhança de outras sequelas, “Taken 2” é um filme desnecessário e nitidamente mais fraco que o seu comercialmente bem-sucedido antecessor que, apesar de não ser um exemplo evidente de qualidade cinematográfica, tornou-se num grande sucesso mundial graças às suas intensas e habilmente coordenadas cenas de ação, que infelizmente não aparecem com tanta abundância nesta mediana continuação que está longe de ser um mau filme de ação, mas também está longe de ser tão interessante como “Taken” (2008). A trama desta sequela desenrola-se um ano após os eventos do primeiro filme. O destemido Bryan Mills (Liam Neeson) viaja até Istambul, onde recebe uma visita inesperada da sua filha, Kim (Maggie Grace), e da sua ex-mulher, Lenore (Famke Janssen), que está preste a divorciar-se do seu atual marido. Esta feliz reunião que prometia terminar com uma reconciliação entre Mills e Lenore, acaba por ter um fim abrupto quando Lenore é raptada por um grupo de terroristas que trabalham para Murad, o pai de um dos mafiosos albaneses que foi morto por Mills durante a sua demanda para salvar a sua filha. Com a sua ex-mulher feita refém e a filha em fuga, Mills tem uma vez mais de usar as suas habilidades letais para eliminar todos aqueles que lhe surgem pela frente.


Tal como “Taken”, “Taken 2” tem um enredo recheado de lacunas e nada criativo, mas já esperava que o seu argumento não explorasse ao pormenor a parte psicológica dos seus principais intervenientes e tivesse também alguns momentos exagerados ou sem lógica, mas também esperava que tivesse pelo menos um ritmo forte e algumas cenas de ação razoáveis, no entanto, não encontramos nada disto nesta continuação. É verdade que “Taken 2” é composto por várias cenas de ação, mas não se pode dizer que estas tenham muita qualidade ou que consigam entreter um apreciador deste género ou até alguém que vibrou com o primeiro filme. Para além de não terem muita vivacidade, brutalidade ou credibilidade, estas medianas sequências também não são acompanhadas por eficazes elementos técnicos (visuais e sonoros) que as consigam tornar um pouco mais completas e apelativas para o público, que muito dificilmente vai ficar espantado ou surpreendido com estas fracas cenas que, mesmo assim, podiam ser muito piores. O grande expoente máximo deste “Taken 2” é Liam Neeson, um ator de classe mundial que tem mais uma grande performance recheada de masculinidade e carisma, que nos volta a provar que Neeson é uma das grandes estrelas deste género de filmes. Maggie Grace e Famke Janssen, as estrelas femininas desta continuação, não estão tão bem como o astro masculino, nomeadamente Maggie Grace que funciona melhor como vítima indefesa e inofensiva. O termo inofensivo também pode ser utilizado para descrever este “Taken 2”, um medíocre filme de ação que está uns furos abaixo de “Taken” mas que, acima de tudo, não se aproxima minimamente do nível de um grande filme de ação com um grande orçamento. 

 Classificação – 1,5 Estrelas em 5

4 comentários:

  1. 'tem um enredo recheado de lacunas e nada criativo'
    já agora era melhor mencionar-los não?

    Realmente, que crítica absurda.

    1,5 é menosprezar o filme, a meu ver, está ao nível do primeiro, mão enova no argumento, porque não havia nada para inovar. É a continuação do primeiro, logo não seria um romance de classe mundial.

    As cenas de acção são menores?
    Se calhar era melhor rever o filme, pois a sua tela de cinema deve ser diferente da minha....

    enfim... considero um filme de 3/3.5 estrelas, mais não, mas 1.5 já é insultuoso...

    Quem dá 2 estrelas a um filme como este - http://portalcinema.blogspot.pt/2009/10/critica-g-force.html

    não pode ter grande atitude crítica, ao considerar um escarro de filme melhor que TAKEN 2.


    Aposto que este comentário não irá ser postado, se for... obrigado.

    LP

    ResponderEliminar
  2. Se não for insultuoso, todos os comentários são publicados. Eu podia mencionar as lacunas, mas em outras críticas já os fiz e fui atacado por spoilar o filme e fui forçado a retirar essas linhas. A partir desse momento decidi nunca mais entrar em pormenor quando falo em lacunas ou falhas para não estragar a experiência a quem não viu o filme. Em traços gerais posso dizer que as lacunas prendem-se, por exemplo, com a evolução das personagens da Maggie Grace e do Liam Neeson de um filme para o outro.

    As minhas críticas são feitas a pensar na generalidade, mas é inevitável não ter em conta o seu objetivo e género. Não pode comparar o G-Force com o Taken 2. O primeiro é uma comédia de ação para crianças e o segundo é um thriller de ação e é nesse âmbito que ambos foram avaliados. Eu acho que se tem que focar no conteudo das duas críticas e não nas notas, até porque a diferença é de 0,5. Os dois filmes não são bons e é esse o ponto que interessa.

    ResponderEliminar
  3. Pronto... críticas não se discutem, é como política! Penso que não vou ser o único a achar essa pontuação exageradamente baixa.

    Na generalidade uma pontuação dessas é diminuir acentuadamente o interesse de quem não viu o filme, de o ir ver.

    Uns 3 pontos eram admissíveis no mínimo. Não acha? (pergunta retórica)

    http://www.imdb.com/title/tt1397280/

    Até costumo estar de acordo com o global das suas críticas, e noutros tópicos até já o 'defendi' dos insultos de outrem.
    Não foi ver o filme com má ideia do mesmo antes de o ter visto? Ás vezes somos influenciados por opiniões precoces.


    Continue com o bom trabalho, e com pontuações mais simpáticas ;)

    ResponderEliminar
  4. Concordo em absoluto com esta critica que faz deste filme. Tive curiosidade em vêr esta sequela porque gostei do 1º filme. Sem ser um grande filme, o que me impressionou no original foram as cenas de acção e o ritmo alto e intenso que o filme teve. Este 2º filme foi uma desilusão, porque tem tudo de mau que teve o seu "progenitor", e perdeu tudo de positivo que vinha desse filme. Muito fraco e na minha opinião acho que a nota corresponde inteiramente ao seu valor

    ResponderEliminar

Bottom Ad [Post Page]