Full width Top advertisement

As Nossas Críticas

Notícias

Post Page Advertisement [Top]

Os Crimes de Alcàsser, Uma Arrepiante Série Documental Sobre o Crime Que Abalou a Inocência Espanhola

Os Crimes de Alcàsser, Uma Arrepiante Série Documental Sobre o Crime Que Abalou a Inocência Espanhola

Está disponível na Netflix a série documental "Os Crimes de Alcàsser". São cinco episódios (com uma hora cada) que exploram todos os detalhes relativamente ao macabro caso criminal que envolveu o homicídios de três adolescentes em Espanha em 1992, mas esta série vai mais longe e, para além de explorar as vertentes criminais, jurídicas e morais do crime, também nos fornece uma visão profunda relativamente ao impacto que este caso teve na nação espanhola.
Esta série documental, produzida pela Bambú Producciones, é bem capaz de ser uma das melhores séries documentais criminais que poderá encontrar atualmente na Netflix, superando até a qualidade e profundidade de alguns produtos americanos que, como se sabe, são lideres de mercado nesta temática. "Os Crimes de Alcàsser" beneficia de uma montagem equilibrada, mas acima de tudo de uma estrutura bem pensada e compartimentalizada que, ao longo de cinco horas, explora todos os ângulos possíveis e imaginários do caso de uma forma que nunca aborrece o espectador. É impossível não ficar curioso e interessado com o caso criminal, mas também com todos os aspetos sociológicos, morais, jurídicos e  mediáticos que o rodeiam. 

O CASO...E AS CONSEQUÊNCIAS


Já se passaram quase três décadas desde o dia em que três adolescentes da pequena província de Alcàsser, Valencia, desapareceram sem deixar rasto, tendo posteriormente sido encontradas mortas com claras marcas de violência. O caso marcou Espanha devido à sua brutalidade, mas acima de tudo às dúvidas e incertezas que, desde a descoberta dos corpos, começaram a inundar a imprensa e a incendiar o debate público. Numa altura em que a Internet ainda estava a dar os primeiros passos, o Caso de Alcàsser foi amplamente coberto pela imprensa espanhola que, aproveitando as populares práticas que já estavam enraizadas na imprensa norte-americana, teve com este caso a sua primeira grande experiência mediática na era da investigação criminal jornalística. E tal aconteceu não só nos tradicionais jornais, mas sobretudo na televisão que, como a série mostra e bem, usou e abusou desta tragédia para faturar milhões de euros (na altura pesetas). 
A série veio reacender o interesse nos Os Crimes de Alcàsser ou O Caso de Alcàsser, mas verdade seja dita que a sociedade espanhola, sobretudo as gerações mais velhas, nunca conseguiram esquecer na totalidade este caso devido à polémica que levantou na Década de 90. Ao ver a série qualquer espectador tirará as suas próprias conclusões sobre os vários pontos que a mesma explora e que rodearam o caso. E tais conclusões poderão nem sempre ser consensuais. E a verdade é que, quase trinta anos depois, este crime está longe de ser um caso fechado para uma parte da sociedade espanhola, até porque um dos alegados intervenientes no crime nunca chegou a ser capturado e continua foragido ainda hoje (e alega-se que até passou por Portugal). Mas, como a série mostra e bem, são as várias teorias e duvidas levantadas acerca do caso que não permitem que este tenha um fim claro e definitivo. É verdade que também que se pode alegar que, pese embora aja dúvidas sobre certos aspetos policiais do caso, não há grandes dúvidas sobre o que parece ter acontecido em 1992, mas parece graças a todas as pontas soltas levantadas e teorias propostas que a dúvida sempre reinará...
Em todo o caso, "Os Crimes de Alcàsser" é uma série a não perder, não só pelo seu tema, mas porque é de facto uma boa série documental e bastante isenta que permite ao espectador mergulhar nas profundezas de um caso que matou a inocência em Espanha e ajudou a lançar um debate profundo sobre a igualdade de género! 

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]