Full width Top advertisement

As Nossas Críticas

Notícias

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - Perdida (2018)

Crítica - Perdida (2018)

Realizado por Alejandro Montiel
Com Luisana Lopilato, Carlos Alcantára, Juan Ignacio Cane 

Conhecida pelos seus livros com fortes personagens femininas e poderosos temas que favorecem o feminismo e combatem o machismo, Florencia Etcheves é uma ainda jovem autora argentina que já é bastante celebrada no seu país e que demonstra uma clara propensão para a escrita de envolventes intrigas criminais. Em Portugal, o trabalho literária de Etcheves não é tão mediático como na América do Sul, mas verdade seja dita que não é difícil encontrar alguns dos seus best-sellers nas principais livrarias nacionais!
É um dos seus livros que está na base de "Perdida", um thriller original da Netflix Argentina realizado por Alejandro Montiel, que, em 2018, ajudou a aumentar ainda mais a popularidade de Etcheves. O filme foi tão bem sucedido que, no final de Maio do presente ano, quase dois anos depois do lançamento de "Perdida", chegou à Netflix uma sequela intitulada "Presságio" ou "La Corazonada", também um thriller baseado numa história criada por Etcheves. Esta sequela já é um dos filmes originais da Netflix mais vistos do momento em Portugal, Espanha e, claro está, na Argentina. Embora tenha estreado depois,  "Presságio" é, na realidade, uma prequela de "Perdida". Nessa prequela acompanhamos o início da carreira de Pipa, uma jovem detetive que, em "Perdida", luta contra os demónios do seu passado para resolver por fim o misterioso  desaparecimento de uma colega de escola. 
É certo que, por ordem, pode até começar por ver "Presságio" e só depois "Perdida", mas ambos aguentam-se muito bem e promovem intrigas repletas de suspense que se mostram bem capazes de agarrar o espectador ao ecrã. O caso criminal de "Perdida", embora denote alguns problemas estruturais, acaba por cumprir e consegue assim manter uma certa aura de suspense até perto do final, muito embora a certa altura já se preveja qual será a grande reviravolta que tem reservada para nós. E, por isso, a conclusão é algo anti-climática devido a esta previsibilidade que nos arrasta para um semi final feliz, no entanto, o seu nível global acaba por não sair prejudicado.

Classificação - 3 Estrelas em 5

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]