Ticker

6/recent/ticker-posts

Cinemundo Passa a Distribuir os Filmes da Warner Bros. em Portugal!

Primeiro Trailer de Os Croods – Uma Nova Era, Cuja Estreia Nacional Está Marcada Para Dezembro

A Cinemundo regressa aos cinemas em 2021, após o período de confinamento, com grandes novidades. A distribuidora nacional, presente no mercado há 7 anos, anuncia a distribuição dos catálogos da Universal Pictures e da Warner Bros – dois nomes de peso – que junta ao seu portfólio, posicionando-se desta forma como uma forte aspirante à liderança do mercado de distribuição de cinema em Portugal.

A distribuição do catálogo da Universal Studios desde abril de 2020 e do catálogo da Warner Bros Pictures, que ocorrerá em julho deste ano e que representam cerca de 35% do mercado de distribuição em Portugal, juntam- se aos cerca de 8% que a Cinemundo já representa no mercado dito de distribuição independente, contribuindo para um maior balanceamento entre os principais players.

Já a contar com a distribuição pela Cinemundo, no segundo semestre de 2021, a Universal Pictures Portugal irá lançar em cinema sequelas de filmes de enorme sucesso mundial, tais como, Velocidade Furiosa 9, Halloween Mata, Boss Baby - Negócios de Família, Cantar 2 e Downton Abbey 2.

No que diz respeito à Warner Bros Picture, ao fazer parte da família Cinemundo a partir de 1 de julho de 2021, terá como novidades de estreia alguns dos mais aguardados blockbusters do ano, como O Esquadrão Suicida, Dune (Duna), The Untitled Matrix Film, entre outros.

Para Miguel Chambel, CEO da Cinemundo, “Através da distribuição dos dois catálogos de peso como a Universal Studios e a Warner Bros Pictures, a Cinemundo tem a convicção, de que contribui para um mercado do cinema mais justo e equilibrado em Portugal, uma vez que o mesmo deixa de estar verticalmente integrado num único player, posicionando a Cinemundo como uma distribuidora em franco crescimento, um nome a ter em conta no meio cinematográfico nacional, com uma variada oferta de filmes e sucessos, que vão desde os blockbusters internacionais, às apostas independentes”.


Enviar um comentário

0 Comentários