Ticker

6/recent/ticker-posts

Crítica - Demonic (2015)

Realizado por Will Canon 
Com Maria Bello, Frank Grillo, Cody Horn 

Em antecipação da estreia do novo capítulo da saga "The Conjuring" em Portugal recordamos uma outra produção de James Wan. Falamos de "Demonic" que, embora seja do mesmo género que este franchise de sucesso, teve muito menos impacto! Esta obra surgiu nos cinemas após os lançamentos dos dois primeiros  "Insidious" e, sobretudo, dois anos após a estreia de "The Conjuring". Estes dois franchise tiveram, como se sabe, bastante sucesso e certamente que Wan esperaria que "Demonic" lhes seguisse os passos, até porque seguia o mesmo estilo e até parecia ter uma premissa ainda mais prometedora.O que é certo é que, hoje, já poucos se recordaram desta obra realizada por Will Canon e é fácil de compreender as razões para o seu falhanço.
Frank Grillo e Maria Bello interpretam um polícia e uma psicóloga que têm de investigar o estranho massacre de cinco estudantes que foram mortos, numa casa abandonada, após terem participado numa sessão de invocação de espíritos. 
Como se percebe, "Demonic" tinha uma premissa com potencial e parecia ter arcaboiço para rivalizar com a tensão sobrenatural de "The Conjuring", mas faltou-lhe aquela faísca criativa que diferencia as sagas de maior sucesso produzidas por Wan. A equipa liderada por Canon nunca conseguiu pegar na curiosa premissa e transformá-la num produto de terror de qualidade, muito pelo contrário....O que acaba por nos ser apresentado é mais um filme de terror sobrenatural genérico sem aquela centelha de genialidade ou nenhum toque diferenciador...

Classificação - 1,5 Estrelas em 5


Enviar um comentário

0 Comentários