Pérolas Indie - The Babadook (2014)

Realizado por Jennifer Kent 
Com Essie Davis, Noah Wiseman, Daniel Henshall
Género - Terror 

Sinopse - Ser mãe solteira não é fácil, Amelia sabe-o bem. Há vários anos assombrada pela morte violenta do marido, Amelia tem agora de lidar com os estranhos medos noturnos do seu filho, Samuel, que se afirma perseguido por uma criatura chamada Babadook. Amelia preocupa-se com eventuais problemas psicológicos do filho, mas depressa apercebe-se que uma presença negra, muito real, esconde-se nas sombras da sua casa.

Crítica - A Austrália pode ser normalmente associada à Terra dos Cangurus e dos Coalas, mas recentemente parece também estar associada à produção de surpreendentes filmes independentes de terror capazes de competirem, em qualidade e suspense, com as grandes obras do género de grandes produtores internacionais. Entre os casos mais consagrados deste fenómeno estão, provavelmente, três dos principais filmes de terror independente dos últimos anos: "Wolf Creek" (2005), "Snowtown" (2010) e "The Loved Ones" (2007). A este trio de pérolas indies junta-se agora, em 2014, mais uma produção de excelência dentro do género, o já mundialmente consagrado "The Babadook". Realizado pela estreante Jennifer Kent, uma antiga estagiária e aprendiz de Lars Von Trier, "The Babadook" passou por vários festivais internacionais de renome, como o Festival de Sundance 2014 e o MOTELx 2014, onde conquistou merecidos elogios e aplausos de uma ampla faixa etária e social de espectadores que, certamente, apreciaram o amplo nível de suspense e terror psicológico que reina ao longo de uma intriga pouco dada a substância objetiva, mas repleta de elementos subjetivos de terror que tanto fazem parte da questão psicológica, como da questão sobrenatural. Esta importante mescla de incógnitas sombrias e receios profundos, que advêm de múltiplos cenários e que reinam até final, ajudam a tornar este filme em algo verdadeiramente empolgante e imprevisível, algo que não precisa de recorrer a truques já vistos ou estereótipos de violência física para assustar o espectador e deixá-lo envolto numa onda de completa incerteza sobre tudo o que rodeia os dois protagonistas. É impossível explicar a intriga de "The Babadook" sem com isso estragar muito do suspense e apelo do filme, por isso basta dizer que nunca há uma parte enfadonha ou cansativa durante a sua intriga, que consegue sempre manter o espectador preso a um véu de tensão, mistério e receio que nem na sua conclusão é dissipado. É claro que para os fãs de filmes de terror tipicamente violentos, "The Babadook" não corresponderá às expectativas dos seus elogios, visto assentar numa componente mais psicológica, mas para quem procure um bom filme de terror dentro do género mais cerebral e emocional, então esta produção de Jennifer Kent será sempre uma escolha segura.

Classificação - 4 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial