Crítica - The Canal (2014)

Realizado por Ivan Kavanagh 
Com Rupert Evans, Hannah Hoekstra 
Género - Terror

Sinopse - O arquivista cinematográfico David e a sua esposa Alice são perfeitamente felizes, mas quando um segredo iminente acaba com o seu casamento, ao mesmo tempo que uma película do início do Século XX revela que a sua casa foi o local de um horrível múltiplo homicídio, David começa uma investigação alucinante para encontrar as respostas de que precisa para desvendar todos os mistérios que o assombram.

Crítica - Tendo já passado por vários festivais internacionais de cinema, como o Festival de Tribeca nos Estados Unidos ou o Fantasy FilmFest na Alemanha, "The Canal" chegou ao FantasPorto 2015 como uma das longas metragens mais mediáticas e conhecidas da Seleção Oficial. Uma pequena pesquisa sobre o mesmo na internet revela várias opiniões positivas e, apesar de estar longe de ser uma daquelas obras que, com poucos meios, mostram-se capazes de traumatizar e cativar multidões, compreende-se tal feedback moderadamente positivo porque este é, apesar de tudo, um projeto mediano mas interessante dentro do género de terror psicológico e fantasmagórico. Sem apostar em grandes ou vigorosos elementos de terror gore, "The Canal" joga com o suspense do espectador graças a certos apontamentos de tensão e dúvida bem curiosos que acabam por dar origem a uma ou outra sequência mais puxada do ponto de vista da tensão e do terror sobrenatural. Estes pontos mais puxados e positivos ajudam a disfarçar algumas falhas crassas desta obra. Entres os seus principais problemas está o ritmo lento com que a sua intriga é desenvolvida, algo que prejudica o seu clima de suspense, mas que acaba sobretudo por não motivar o espetador a mergulhar de cabeça na sua intriga que, embora parta de boas intenções, padece de várias falhas de coerência e contexto. Isto leva a que "The Canal" também se torne demasiado confuso e banal dentro do género e dos seus objetivos, aliás tal confusão fica explicita na sua conclusão algo insatisfatória que, para além de mal pensada, contém também um par de cenas mal feitas e nada apelativas. Está claro que "The Canal" não convencerá multidões nem motivará novas visualizações, mas é uma produção indie com um certo valor para ser vista sem muitas expetativas. É, pelo menos, um filme que consegue puxar, aqui e ali, pelo medo e tensão do público, algo que já é digno de um reparo positivo.

Classificação - 2,5 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial