Pérolas Indie - The Stranger (2014)

Realizado por Guillermo Amoedo
Com Lorenza Izzo, Aaron Burns, Ariel Levy 
Género - Terror

Sinopse - Um homem misterioso chega a uma pequena cidade no fim do mundo para erradicar uma doença muito perigosa da qual também padece. 

Crítica - Produzido por Eli Roth, "The Stranger" pode-se orgulhar de não precisar deste importante crédito para ter algum tipo de significado ou importância para o mercado cinematográfico já que tem os seus próprios méritos que o tornam, por si só, num ponto de relativo interesse que, desde já aviso, torna-se num interesse limitado. Não quero portanto de todo dizer que "The Stranger" seja extraordinário ou até cativante, porque é um bocado limitado na sua capacidade de surpreender ou prender o espectador à sua história, mas é ainda assim um projeto razoável que se apoia em razoáveis valores de produção e numa história bem montada com certos clichés e lacunas pelo meio mas que, no final de contas, acabam por não prejudicar em excesso a experiência cinematográfica medianamente positiva que deriva desta obra, que em 2014 passou pelo Fantastic Fest e pelo Festival de Sitges.
E tal experiencia não é de violência gore ou suspense dramático, mas sim uma experiência de relativa ideologia comercial com certos toques de  violência e terror vampírico pelo meio mas, claro está, sem aquela força sangrenta que se reconhece à vertente mais pura do género vampírico. O que se releva é que, ainda assim, tal abordagem mais soft é apimentada com uma certa qualidade narrativa e dramática que é suficientemente curiosa e ativa para manter o público satisfeito, apesar lá está de não escapar a certos pontos fracos que a puxam para baixo. 
É por isso complicado ver "The Stranger" como um projeto vampírico excecional, no entanto, torna-se fácil de apreciar a forma como a sua trama evolui e vai ficando mais dura e crua. Tal efeito é conseguido em parte graças à direção de Guillermo Amoedo, que retrata um guião levemente banal de uma forma bem polida que o torna timidamente mais interessante e muito fácil de ver, isto apesar de certos clichés típicos que por vezes testam a paciência do espectador, mas que acabam por ser compensados, lá está, por algumas surpresas e pelo ambiente geralizado de profissionalismo com que a história é retratada. É assim que "The Stranger" passa por nós como um projeto com as suas falhas bem identificadas, mas que no fundo torna-se fácil e até interessante de se ver graças a um ambiente positivo e a uma trama que apela ao lado mais confortável do espectador.

Crítica - 3 Estrelas em 5

0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica da Semana


Membro Oficial

Membro Oficial