Antevisão - Angels & Demons


“Angels & Demons” é o antecessor literário de “The DaVinci Code”. Esta obra lançada por Dan Brown em 2000, representa a primeira aventura do enigmático simbologista Robert Langdon. Após o sucesso comercial do seu sucessor, “Angels & Demons” foi incessantemente procurado pelo público que estava desejoso de conhecer a primeira aventura da personagem que enfrentou o Vaticano para desvendar um segredo milenar. A sua adaptação ao cinema foi rapidamente negociada pela Columbia Pictures que pretendia dar continuação à rentável saga cinematográfica iniciada por “The DaVinci Code”.
A estreia comercial desta obra está marcada para esta semana com os principais mercados cinematográficos do mundo a receberem este filme que é apontado pela imprensa especializada, como um dos grandes sucessos comerciais de 2009.
A história desta obra começa quando um famoso cientista do CERN (Conseil Européen pour la Recherche Nucléaire) é assassinado, após conseguir simular o génesis num laboratório, ou seja, criar matéria e anti-matéria a partir do vácuo. A antimatéria, sendo a mais poderosa fonte de energia conhecida até agora pelo homem, é também uma poderosa arma já que um único grama de antimatéria contém energia equivalente à de uma bomba nuclear de vinte quilotoneladas, a potência da que foi lançada sobre Hiroxima. O assassinato do cientista é reclamado por uma irmandade secreta que se pensava desaparecida há muito tempo, os Illuminatti. Como o próprio nome indica, essa irmandade seria constituída por iluminados pertencentes a inúmeras actividades científicas e artísticas que foram perseguidas e silenciadas pelo Vaticano na Idade Média. Um desses iluminados seria o próprio Galileu Galilei, suposto fundador da irmandade. Ao mesmo tempo, no Vaticano, dá-se início ao Conclave para eleger um novo Papa mas os quatro cardeais favoritos são misteriosamente raptados. Caberá ao simbologista Robert Langdon (Tom Hanks) e à cientista Vittoria Vetra (Ayelet Zurer) impedir a consumação da antiga profecia dos Illuminatti que defende que o Vaticano será destruído pela Luz.
A única grande polémica criada em redor desta obra foi iniciada pelo realizador Ron Howard que acusou o Vaticano de interferir directamente na produção e lançamento do filme. Alguns elementos do Vaticano incitaram ao boicote do filme mas o jornal oficial do Micro-Estado até classificou “Angels & Demons” como uma obra de ficção de qualidade. A verdade é que o enredo desta obra não contem nenhuma polémica das dimensões blasfémicas das teorias apresentadas em “The DaVinci Code”. Esta obra cinematográfica de ficção baseada no homónimo livro de Dan Brown chega esta Quinta-Feira aos cinemas portugueses.


Enviar um comentário

3 Comentários

  1. Olá

    com certeza será um blockbuster, um dos campeões de bilheteria de 2009.
    VALE A PENA CONFERIR...

    até mais

    ResponderEliminar
  2. Adorei esse blog.
    Acabei de linkar também.

    ResponderEliminar
  3. Será certamente um bom filme mas não me parece que consiga superar em receitas ou divulgação o "The DaVinci Code".
    Na minha opinião, o livro "Angels & Demons" está muito melhor conseguido que "The DaVinci Code" mas como não tem uma polémica verdadeiramente forte não vincou imediatamente junto do público.

    Obrigado pelo apoio e pelos comentários.

    ResponderEliminar