Ticker

6/recent/ticker-posts

Crítica - The Girl with All the Gifts (2016)

The Girl with All the Gifts
Realizado por Colm McCarthy
Com Gemma Arterton, Glenn Close, Paddy Considine


Meia década após o seu discreto lançamento nos cinemas, "The Girl With All the Gifts" continua a ser descrito como uma pérola independente! Houve, na época, quem apontasse esta obra britânica de Colm McCarthy a vôos maiores, mas certo é que o filme caiu inexplicavelmente no esquecimento. Estamos perante um thriller sci-fi, cuja trama se desenrola num futuro distópico, onde a Humanidade procura a cura para uma doença misteriosa que arrasou todo o planeta. É neste cenário que um grupo de sobreviventes se depara com uma rapariga que pode ser a única esperança para a cura ou, pelo menos, para o controlo da epidemia.

Baseado no livro best-seller de Mike Caray, "The Girl With All the Gifts" brilha agora no catálogo da Netflix, onde se destaca como uma das suas pérolas escondidas mais interessantes e curiosas. É certo que os tempos de pandemia em que vivemos reforçam o valor deste projeto, mas mesmo antes dos tempos pandémicos já era uma obra de referência que merecia ter tido vôos mais altos. Mas nunca é tarde para reconhecer uma grande obra como esta e, por isso, se aprecia produtos de ficção científica com toques de terror e ação, então não pode perder este filme que tem todos os ingredientes para convencer.
Para além de uma trama intensa que culmina numa reta final inesperada e repleta de ação, "The Girl With All the Gifts" beneficia ainda de um elenco de luxo e de uma direção talentosa por parte de Colm McCarthy, um já consagrado cineasta britânico que se destacou, por exemplo, com a série "Peaky Blinders"

Classificação - 3,5 Estrelas em 5

Enviar um comentário

0 Comentários