Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, abril 30, 2018

Crítica - Beyond Skyline (2017)

Realizado por Liam O'Donnell
Com Frank Grillo, Iko Uwais, Jonny Weston

Em 2010, o filme sci-fi indie "Skyline" tomou de assalto as bilheteiras mundiais e, pese embora ter sido trucidado pela crítica mundial, conseguiu transformar o seu orçamento de dez milhões de dólares num lucro de cinquenta milhões, já que conseguiu faturar mais de sessenta milhões de dólares nas bilheteiras mundiais. Perante este forte resultado, os responsáveis máximos por "Skyline" anunciaram de imediato planos para uma sequela, mas por via de vários problemas de pré-produção, tal sequela demorou a sair da gaveta e só no finais de 2017 foi lançada com menos pompa do que se esperaria.
Não se trata propriamente de uma sequela, mas sim de uma spin-off do primeiro filme, já que acompanha uma história paralela aos eventos retratados no primeiro filme. E neste ponto importa dizer que em "Beyond Skyline" seguimos um polícia Mark (Frank Grillo) que, juntamente com o seu filho e outros sobreviventes, tenta escapar com vida a uma invasão alienígena. 
Quem esteve à frente deste projeto em toda a linha, quer como realizador, quer como produtor e guionista, foi Liam O'Donnell, um dos guionistas do primeiro filme e um dos máximos impulsionadores desta spin-off. Perante tal dedicação, O'Donnel lá conseguiu criar um filme mais completo que o primeiro, mas que infelizmente não conseguiu chegar aos seus recordes comerciais. E como é que um filme um pouco mais bem conseguido acaba por se sair pior que o seu popular antecessor? O que é certo é que passados quase oito anos após o lançamento do primeiro filme já poucos acreditavam que esta obra conseguisse replicar o sucesso do seu antecessor, tornando-se por isso num mau investimento. O que é certo é que os múltiplos problemas de pré-produção que se verificaram aliados a um decréscimo no investimento de filmes sci-fi levou à condenação precoce desta obra nos principais mercados. Assim sendo, "Beyond Skyline" acabaou por ser feito com muito esforço, mas foi alvo de uma distribuição muito limitada nos cinemas internacionais e até mesmo no circuito Video on Demand.
Quanto ao filme em si podemos dizer que quem gostou de "Skyline" deverá também gostar desta spin-off. É certo que já não existe tanto suspense em relação às motivações dos aliens em virtude do desenlace do primeiro filme, mas "Beyond Skyline" tem ainda assim as suas valências. A começar por uma trama muito direcionada para a ação e para aventura. O filme tem realmente algumas cenas de ação muito bem conseguidas que não ficam nada atrás dos grandes blockbusters de Hollywood. O próprio conceito visual/ técnico encontra-se em linha com o do primeiro filme, apresentando elementos técnicos muito bem conseguidos atendendo ao baixo orçamento. O resultado final acaba portanto por não ser um mega filme, mas sim uma decente spin-off do popular "Skyline" que ainda consegue superar em qualidade essa primeira obra. 

Classificação - 2 Estrelas em 5

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas