Crítica - The 5th Wave (2016)

Realizado por J. Blakeson 
Com Liev Schreiber, Ron Livingston, Chloë Grace Moretz 

Não foi à toa que "The 5th Wave" estreou em Portugal e nos Estados Unidos em 2016 naquele que é considerado a pior altura para blockbusters. Também não é de estranhar que este filme, que deveria marcar o início de uma saga sci-fi, não teve qualquer sequela até ao momento nem há planos para avançar com uma. E porque é que estes factos não são estranhos? Porque "The 5th Wave" não é um bom filme a qualquer nível.
A sua história simplista segue Cassie Sullivan (Chloë Grace Moretz), uma jovem que sobrevive a uma invasão alienígena e que, durante uma operação de salvamento do seu irmão desaparecido, torna-se num membro ativo da resistência, desconhecendo no entanto que a ameaça é maior do que pensava.
Embora Chloë Grace Moret faça um esforço por oferecer algo de minimamente positivo com a sua performance, esta enquadra-se num enredo vazio e sem noção dramática que, verdade seja dita, nem com uma performance excelente coletiva do seu elenco (que não é o caso) poderia resultar. O esforço de Moretz é na verdade inconsequente, como é qualquer tentativa de retirar algo de positivo desta obra.

Classificação - 1 Estrela em 5


0 comentários:

Enviar um comentário

 

Descontos Em Bilhetes de Cinema

Crítica em Destaque

Membro Oficial

Membro Oficial