Mais Recentes

Post Top Ad

Your Ad Spot

segunda-feira, maio 27, 2019

Crítica - Wandering Earth (2019)

Crítica - Wandering Earth (2019)
Realizado por Frant Gwo
Com Jing Wu, Chuxiao Qu, Guangjie Li 

Sucesso na China e, agora, na Netflix, “Wandering Earth” marca a aproximação definitiva da China às super-produções de Hollywood. Trata-se de um blockbuster sci-fi com uma vertente técnica muito interessante e cuidada que não fica nada atrás de projetos semelhantes de Hollywood. E a China conseguiu tal proeza com um orçamento de “apenas” 50 Milhões de Dólares, quase metade do que, por norma, um grande blockbuster do género custa em Hollywood. 
O sucesso do filme muito se deve ao realizador Frant Gwo e à sua vasta equipa de especialistas que, perante o vasto know-how que tinham à sua disposição, criaram um filme tecnicamente irrepreensível  e impressionante que claramente nos deixa muito otimistas sobre o futuro dos blockbusters chineses. E certo é que a história (baseada num best-seller chinês) pedia um grande aparato visual. Afinal de contas, tal como o título sugere, “Wandering Earth” explora a viagem do Planeta Terra até um novo Sistema Solar para assim salvar a Humanidade da extinção que seria provocada pela extinção do Sol. É claro que tal viagem tem tudo para correr mal e acaba mesmo por correr, até mesmo antes da Terra sair do Sistema Solar, algo que obriga um grupo de corajosos jovens a tentarem um novo plano para salvar o arriscado plano original. 
Esta premissa tem, como é óbvio, evidentes lacunas científicas, mas certo é que é o veículo ideal para o desenvolvimento de uma obra visualmente imponente capaz de entusiasmar os olhos dos espectadores. E embora tenha, efetivamente, um enredo falível e sem elevada destreza narrativa, naquilo que realmente poderia brilhar, “Wandering Earth” realmente brilha e convence. Tecnicamente intenso e interessante, mais do que se destacar como um blockbuster sci-fi com um forte apelo visual, “Wandering Earth” surge no panorama cinematográfico como um aviso da China para Hollywood e para o Mundo, mostrando que este Mercado consegue produzir filmes do mesmo calibre do que os milionários estúdios norte-americanos. Quem sabe se não estamos perante o início de uma nova Era nos Blockbusters.

Classificação - 3 Estrelas em 5

Sem comentários:

Enviar um comentário

Post Top Ad

Your Ad Spot

Páginas