Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - Infección (2019)

Crítica - Infección (2019)
Crítica - Infección (2019)

Realizado por Flavio Pedota
Com Rubén Guevara, Leonidas Urbina, Magdiel González

Na Venezuela, uma estranha epidemia está a alastrar. Os média começam a transmitir notícias alarmantes. Ninguém está a salvo. A epidemia está a ser tomada como um ataque deliberado com intenções políticas. Trata-se de uma patologia nova sem tratamento. A televisão anuncia que a revolução continua, e que juntos venceremos. Tendo em conta a atual pandemia de Covid-19 que está a arrasar o mundo poder-se-ia até pensar que as linhas anteriores são referentes a uma notícia real, mas trata-se da premissa de "Infección". É um filme de pandemia zombie muito interessante que mostra a vitalidade do cinema Sul-Americano dentro da temática do terror. 
A sua história não é, no entanto, inovadora. Esta segue um rumo previsível e um percurso já visto noutras obras, seguindo assim o drama de um pai que tenta sobreviver a uma pandemia e também salvar o seu filho. Não há portanto nada de muito novo ou único na narrativa desta obra, mas há que realçar que, pese embora não seja o filme mais criativo, é ainda assim um filme de zombies e sobrevivência muito bem feito. Flavio Pedota tem aqui uma direção cuidada e tecnicamente interessante, sendo também de destacar uma performance muito interessante de um elenco liderado por Rubén Guevara, que até já andou por Hollywood.

Classificação - 2,5 Estrelas em 5

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]