Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - In The Shadow of the Moon (2019)

Crítica - In The Shadow of the Moon (2019)
Crítica - In The Shadow of the Moon (2019)
Realizado por Jim Mickle
Com Boyd Holbrook, Michael C. Hall, Bokeem Woodbine

Sinopse - Um agente da polícia (Boyd Holbrook) quebra todas as regras ao longo dos anos para tentar desvendar os mistérios relacionados com uma série de homicídios. Durante a investigação, uma revelação surpreende todos os envolvidos: o provável criminoso é uma mulher que parece ter vindo do futuro.

Embora continue a passar despercebido no vasto catalogo da Netflix, "In The Shadow of the Moon" revelou-se um dos filmes originais da famosa plataforma mais curiosos de 2019. Por vezes torna-se estranho e confuso ver este projeto que mais não é que um cruzamento entre um thriller policial noir e um filme de ação de ficção científica. Mas embora fique marcado por algumas falhas de continuidade e alguns problemas de lógica tão característicos em filmes que abordam viagens no tempo,  "In The Shadow of the Moon" consegue superar expectativas e fornecer um nível de entretenimento bem acima da média.
A lógica que, no final, se esconde por detrás do enredo é, de facto, bastante rebuscada e nunca é devidamente explicada pelo filme. Este prefere focar-se numa componente mais policial numa primeira fase e, depois, num lado mais pessoal. O problema é que esta estratégia resulta a curto prazo, mas impede uma coesão final.
A lógica por detrás do argumento, por exemplo, só se compreende de forma indireta com base na sequência de eventos e, assim sendo, muitos pormenores relacionados com os elementos sci-fi do filme ficam por explicar. Isto é um grave lapso e acaba por promover lacunas que nunca são compensadas por nenhum elemento de excelência.
As falhas do argumento são evidentes e impediram esta obra de almejar uma maior aclamação, mas ainda assim há boas ideias e boas intenções por detrás. Toda a ideia que move o enredo, pese embora mal explicada, tem valor e acrescenta alguma criatividade e inovação a uma temática algo cansada. Também podemos encontrar valor no desenvolvimento dramático do protagonista e na forma como este vai lidando com as questões que o filme lhe vai impondo. É certo que os problemas de lógica do argumento acabam por afetar estes dois pontos positivos, mas sempre conseguimos retirar algo de positivo.
O filme apresenta também um nível técnico muito interessante. Uma fotografia que se vai adaptando às décadas em que o filme se desenrola ou uma direção sempre cuidada são, entre outros, dois pontos que se destacam. Também o elenco cumpre, embora seja difícil de dizer que qualquer um dos atores envolvidos tenha aqui um papel excelente. Pode-se até dizer que o elenco, tal como o filme em si, tem um nível médio e razoável que só não superou expectativas e quebrou barreiras devido à pobre qualidade de um argumento que poderia ter dado mais. Mas "In The Shadow of the Moon" entretém e é um filme diferente que, apesar de tudo, pode valer a pena.


Classificação - 3 Estrelas e 5

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]