Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - Anelka: Misunderstood (2020)

Crítica - Anelka: Misunderstood (2020)
Crítica - Anelka: Misunderstood (2020)

Realizado por Éric Hannezo


No passado Domingo, Bayern de Munique e Paris Saint Germain defrontaram-se na final da Liga dos Campeões que foi ganha pelo Gigante Alemão, mas foi curiosamente no PSG que Anelka deu os seus primeiros passos no mundo do futebol. E porque é que falamos de Anelka neste contexto quando esta estrela já se retirou há alguns anos? Pois bem, Anelka pode não ter sido a estrela da Liga dos Campeões deste ano, mas é a estrela de "Anelka: O Incompreendido", mais um belo documentário desportivo que está disponibilizado na Netflix. 

Os fãs de futebol já devem ter notado que a Netflix tem disponibilizado nos últimos tempos grandes documentários sobre grandes personalidades futebolisticas. Já abordamos aqui o documentário sobre o icónico treinador Bobby Robson e, agora, decidimos abordar esta obra sobre um dos jogadores franceses mais talentosos da sua geração, mas também um dos mais problemáticos. A verdade é que pese embora o seu inegável talento, Anelka nunca teve uma carreira condizente com o seu estrondoso potencial, isto apesar de ter passado por grandes clubes como PSG, Arsenal, Real Madrid, Manchest City ou Liverpool. Mas certo é que, tirando alguns ragos em épocas especiais onde conquistou alguns grandes troféus, Anelka nunca teve uma carreira coesa ou tão estrondosa como os seus primeiros anos no mundo do futebol pareciam indicar. E tal se deveu furto de alguns azares, mas também devido a volátil personalidade do futebolista. 

Campeão Europeu por França em 2000 e vencedor da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, bem como das Ligas Italiana e Inglesa,  Anelka pode ate ter, à primeira vista, um palmarés invejável com passagens por grandes clubes, mas se analisarmos bem a sua carreira, como este documentário faz, percebemos que este palmarés e este percurso poderia ter sido muito mais estrondoso. Com um talento claro para o desporto e uma queda para o espetáculo, Anelka foi um grande jogador, mas como este documentário mostra através de uma grande entrevista com o próprio e com alguns dos seus amigos (incluindo o ator Omar Sy que foi seu amigo de infância) e companheiros de equipa, Anelka não foi um profissional fácil. Sempre rodeado por polémicas, sendo a mais célebre um episódio lamentável que ocorreu no Campeonato do Mundo de 2010 que ainda hoje é falado e ao qual o documentário dedica algum tempo, Anelka não é propriamente recordado com saudade pelos grandes clubes pelos quais passou, mas certo é que deixou a sua marca nesses clubes e no futebol. Hoje em dia, Anelka parece outra pessoa e mostra-se orgulhoso da sua carreira, mas caberá ao espectador tirar as suas ilações ao ver este belo documentário que expõem Anelka, o Homem e o Jogador, tal e qual como ele é!


Classificação - 3 Estrelas em 5

Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]