Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Crítica - The F**k-It List (2019)

Crítica - The F**k-It List (2019)
Crítica - The F**k-It List (2019)

Realizado por Michael Duggan
Com Eli Brown,Madison Iseman,Marcus Scribner

 

Produto pensado pela Paramount Pictures para o mercado Home Video, "The F**k-It List" acabou por ganhar destaque precisamente na Netflix, a rainha do Home Video, onde eventualmente conquistou um espaço surpresa entre alguns dos filmes mais vistos na plataforma neste Verão devido, provavelmente, à pandemia. E digo isto porque não estamos de facto perante uma das pérolas escondidas da Netflix, mas sim perante um filme algo banal que aproveita a sua leve premissa juvenil para entusiasmar quem procure um filme mais relaxado. 

Na narrativa que assenta na tal premissa que pode entusiasmar à primeira vista seguimos o final atribulado do ano letivo de um aluno exemplar que, após uma partida que corre mal, partilha uma lista de coisas que gostava de ter feito e que talvez ainda vá a tempo de fazer. Essa lista torna-se viral e ele torna-se num icone juvenil e logo numa altura em que o seu futuro académico parece condenado ao fracasso...Pode parecer uma premissa curiosa, mas o tratamento que lhe é dado para seguir os ensinamentos do próprio título, já que parece não ter existido qualquer intenção por parte dos seus criadores em dar mais a esta obra do que ela poderia até prometer e mesmo tal promessa seria sempre bastante limitada...

No final, "The F**k-It List" é maus um romance juvenil banal que apresenta uma débil construção narrativa e, acima de tudo, um fraco encadeamento dramático, romântico ou moral que contribuiu ainda mais para acentuar o vazio de ideias que pauta esta obra. Salvam-se os belos cenários soalheiros da Califórnia...


Classificação - 1 Estrela em 5


Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]