Full width Top advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Primeiro Trailer de The Trial of the Chicago 7, o Novo Filme de Aaron Sorkin e Grande Aposta da Netflix

Primeiro Trailer de The Trial of the Chicago 7, o Novo Filme de Aaron Sorkin e Grande Aposta da Netflix
Primeiro Trailer de The Trial of the Chicago 7, o Novo Filme de Aaron Sorkin e Grande Aposta da Netflix

A Netflix revelou o trailer de "The Trial of the Chicago 7", o novo filme do aclamado guionista e realizador Aaron Sorkin. Baseado numa história real, "The Trial of the Chicago 7" acompanha os eventos que rodearam a polémica manifestação anti-guerra do Vietname, que ocorreu em Chicago em 1968, e que interrompeu o congresso do partido Democrata que, na altura, era o partido no poder. Os eventos da manifestação provocaram, na altura, grande alarido mediático, social, político e, claro está, criminal. A manifestação deu azo a vários confrontos entre a polícia e os participantes, sendo que posteriormente dezesseis pessoas foram levadas a julgamento pelos crimes alegadamente cometidos no protesto. O julgamento desses manifestantes acabou por se tornar tão mediático como a própria manifestação e acabou por ser considerado por muitos como um dos julgamentos mais mediáticos  da segunda metade do Século XX, já que colocou em debate vários ideais políticos e jurídicos envolvendo questões ligadas à liberdade de expressão e à igualdade racial.

Com um elenco de luxo composto por estrelas como Yahya Abdul-Mateen II, Sacha Baron Cohen, Joseph Gordon-Levitt, Michael Keaton, Frank Langella, John Carroll Lynch, Eddie Redmayne, Mark Rylance, Alex Sharp, Jeremy Strong, Noah Robbins, Danny Flaherty, Ben Shenkman, Kelvin Harrison Jr., Caitlin Fitzgerald, Alice Kremelberg, John Doman, JC MacKenzie, Damien Young, Wayne Duvall ou CJ Wilson, "The Trial of the Chicago 7" será lançado, em exclusivo, na Netflix a 16 de Outubro e perfila-se, desde logo, como um pré.candidato aos Óscares.

Inicalmente estava previsto que "The Trial of the Chicago 7" estreasse nas salas de cinema, isto após participar em vários festivais, mas a pandemia do Covid-19 acabou por alterar os planos iniciais dos produtores que, perante uma oferta tentadora, acabaram por vender os direitos de distribuição mundial do filme à Netflix que, assim, aproveitou para atrair para o seu catalogo mais uma produção muito promissora que pode impulsionar (ainda mais) este gigante do streaming para a alta rota de Hollywood.


Sem comentários:

Publicar um comentário

Bottom Ad [Post Page]