Ticker

6/recent/ticker-posts

Histórias do Cinema - O Terrível Acidente Fatal Que Assombrou Twilight Zone: The Movie e Hollywood

Histórias do Cinema - O Terrível Acidente Fatal Que Marcou Twilight Zone: The Movie e Levou John Landis a Tribunal


No Verão de 1982, John Landis iniciou as gravações de "Twilight Zone: The Movie". Produzido por Steven Spielberg e pelo próprio Landis, "Twilight Zone: The Movie" foi pensado como uma antologia que iria levar até ao grande ecrã uma nova abordagem de alguns dos episódios mais icónicos da homónima e famosa série televisiva de ficção científica que marcou uma geração de espectadores no início dos Anos 60. A expectativa em redor deste projeto era, por isso, muito grande. Este filme acabou por chegar aos cinemas em 1983 e foi muito mal recebido pela crítica, sendo que muitos críticos, como Roger Ebert, afirmaram que a adaptação não trazia nada de novo à saga e que se limitou a reciclar alguns dos episódios mais marcantes da série. 

Hoje em dia, "Twilight Zone: The Movie" vive no esquecimento cinematográfico, muito por culpa da sua falta de qualidade. E só não foi completamente esquecido por Hollywood porque ainda é recordado devido ao trágico evento que ocorreu durante as suas filmagens. Muitos dizem que este trágico acidente assombrou o filme e provocou o seu descalabro. E certo é que foi tão trágico e tão macabro que é impossível não ter deixado sequelas psicológicas na equipa.

Este fatídico desastre ocorreu a 23 de Junho de 1982. Uma equipa encontrava-se a gravar uma sequência do segmento "Time Out". A cena tinha como pano de fundo a Guerra do Vietname e colocava a personagem interpretada pelo ator Vic Morrow a salvar duas crianças vietnamitas de serem consumidas pelo fogo provocado por uma bomba lançada por um helicóptero. A cena envolvia uma orquestrada coreografia de pirotecnia e o uso de um helicóptero real que sobrevoaria o local. Era uma cena que requeria, como se percebe, uma grande precisão técnica e que obrigava todos os envolvidos a orquestrarem quase ao segundo as suas ações, até porque era financeiramente proveitoso que a sequência fosse gravada num só take. O que é certo é que algo correu mal. Segundo os documentos judiciais que já foram tornados públicos, a sequência de pirotecnia registou uma falha grave e foram detonadas duas explosões demasiado próximas uma da outra. O que se seguiu dividiu peritos e as reais circunstâncias nunca foram apuradas, mas na sequência desta falha a aeronave ficou descontrolada e despenhou-se em seguida, tendo esmagado uma das crianças e decapitado, com as suas hélices, o ator Vic Morrow e a outra criança. O piloto sobreviveu. 

O cenário de terror foi gravado, tendo as imagens sido exibidas em tribunal nos vários julgamentos que se seguiram a este trágico acidente. O realizador John Landis, assim como vários membros da equipa, foram posteriormente julgados por homicídio culposo, mas acabaram por ser absolvidos. Este e outros processos arrastaram-se durante quase uma década em tribunal. No final, num julgamento cível, as famílias das vítimas acabaram por receber uma indemnização pelo acidente, mas nunca nenhum individuo foi responsabilizado pelo acidente. Steven Spielberg não foi levado a tribunal, mas este acidente deixou-o profundamente consternado. Mas acima de tudo, Spielberg ficou muito zangado com Landis e a sua relação nunca mais foi a mesma, aliás este acidente marcou o final da sua amizade. 

Hollywood também nunca esqueceu este acidente. Ainda hoje é recordado como um dos piores e mais trágicos acidentes a ocorrerem durante as gravações de um filme. Na sua sequência foram criadas novas medidas de segurança a serem seguidas por todo o sector, um maior escrutínio relativamente a todas as sequências perigosas e até foi criada uma nova organização independente cuja única missão é validar as medidas de segurança postas em prática pelos responsáveis pelos filmes. É certo que, desde então, já se registaram muitos outros acidentes trágicos em sets de filmagens, mas nenhum com esta trágica dimensão. 

Enviar um comentário

0 Comentários